Intel Core i9 12900K é enviado antes da hora e tem novos testes e caixa vazados

Intel Core i9 12900K é enviado antes da hora e tem novos testes e caixa vazados

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 22 de Outubro de 2021 às 08h46
Divulgação/Intel

Aposta da Intel em uma arquitetura híbrida, a 12ª geração de processadores Alder Lake foi constantemente vazada nos últimos meses, indicando que a novidade pode oferecer um salto significativo de desempenho, ainda que a nova abordagem possa resultar em mais trabalho para os desenvolvedores. Faltando menos de uma semana para o anúncio oficial, os vazamentos continuam.

Desta vez, o leaker HXL divulgou o potencial de overclock da nova família, prática que pode cobrar um preço alto. Além disso, ao que parece, o modelo final do Core i9 12900K começou a chegar antecipadamente a alguns consumidores, e fotos do chip e da caixa já circulam pela internet.

Core i9 12900K tem alto potencial de overclock, mas com um preço

Pelo Twitter, HXL divulgou resultados do Core i9 12900K em testes do CPU-Z de uma publicação já removida da plataforma chinesa Bilibili. O chip teria todos os 8 P-Cores de alto desempenho rodando a 5,2 GHz, em overclocking — aparentemente, os E-Cores de baixo consumo estavam rodando sem o procedimento. Nesse cenário, o componente atingiu 851 pontos em single-core, e 11.986 em multi-core.

Os números colocam o novo topo de linha da Intel em uma posição de maior destaque frente ao rival Ryzen 9 5950X, que atinge 648 pontos em single-core e 11.906 pontos em multi-core, resultando em vantagens de 31% e de menos de 1% para o Core i9 12900K, respectivamente.

Ainda que não pareça uma vantagem expressiva em multi-core, vale lembrar que o Core i9 conta apenas com 24 threads, das quais 8 são de baixo consumo. Entregar um desempenho semelhante ao do concorrente, que oferece 32 threads de alto desempenho, é um feito a se destacar.

(Imagem: WCCFTech)

Mesmo assim, apesar do desempenho elevado, o processo de overclocking pode ter um preço bastante alto: o consumo. Segundo o vazamento, o modelo atingiu impressionantes 330 W, quase o triplo do TDP de 125 W. É necessário encarar o número com cautela, considerando não haver registros, mas essa não é a primeira vez que rumores sugerem que os chips Alder Lake consumirão muita energia. Resta aguardar pelo lançamento para termos maiores detalhes.

Chip tem fotos detalhadas da caixa vazadas

Paralelo a isso, o usuário do Reddit Seby9123 já teve acesso a duas unidades finais de venda do novo Core i9 — segundo ele, os chips foram adquiridos diretamente de uma varejista que quebrou o embargo. Diante disso, Seby9123 não revelou o nome da loja, mas ao menos confirmou o preço de cada unidade: US$ 610, ou algo em torno de R$ 3.460, em conversão direta.

(Imagem: Seby9123/Reddit)

Caso seja o valor final de venda, o preço pode se tornar um desafio para a AMD, especialmente frente à paridade de desempenho com o Ryzen 9 5950X, vendido por preços próximos dos US$ 769 (~R$ 4.360). O usuário divulgou ainda fotos da caixa e do chip, confirmando antigos vazamentos. A embalagem promete ser uma das mais chamativas já utilizadas na série Core i9.

O recipiente onde a CPU será armazenada traz cor dourada e formato baseado nos wafers de silício utilizados para a fabricação dos processadores, enquanto o chip tem maior comprimento, para acomodar a nova organização interna. A 12ª geração Intel Alder Lake será anunciada na próxima semana, entre os dias 27 e 28 de outubro, com o início oficial das vendas começando na semana seguinte, em 4 de novembro.

Fonte: TechRadar, WCCFTech, VideoCardz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.