GPUs Nvidia GeForce RTX 3000 têm limitador de mineração contornado por programa

GPUs Nvidia GeForce RTX 3000 têm limitador de mineração contornado por programa

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 17 de Agosto de 2021 às 12h02
NVIDIA

A criptomineração vem sendo um problema para consumidores por acabar afetando os preços de venda de componentes para PC, especialmente as placas de vídeo. Para atingir uma elevada taxa de hash rate, unidade medida em megahashes por segundo (MH/s) que indica a capacidade de uma GPU de realizar cálculos para mineração, os criptomineradores compram placas em excesso, afetando os estoques e os valores.

Como maneira de amenizar os efeitos da venda desenfreada para mineração, agravada pela crise dos semicondutores, a Nvidia lançou uma linha dedicada para esse fim, a família CMP, e revisou os chips empregadas na família gamer da marca, adotando o sufixo LHR para indicar que as modificações foram aplicadas. No entanto, parece que os mineradores conseguiram encontrar uma maneira de burlar essas limitações.

NBMiner contorna limitador da linha RTX 3000

Conforme relatado pelo canal Dizzy Mining e pelos leakers @I_Leak_VN e @harukaze5719, a versão 39.0 do software de mineração NBMiner é capaz de burlar as limitações impostas à linha RTX 3000 LHR, ao menos parcialmente. Utilizando um novo modo modificador, o programa consegue reabilitar até 70% do desempenho dos modelos modificados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O recurso pode ser customizado para habilitar uma porcentagem maior da capacidade de mineração, mas os desenvolvedores recomendam manter o valor próximo dos 70% — porcentagens maiores podem acabar reabilitando o bloqueio.

Três placas foram avaliadas — a RTX 3080 Ti, a RTX 3070 Ti e a RTX 3060 Ti, todas nos modelos LHR. Segundo os testes, com a nova versão do minerador, a 3080 Ti atinge cerca de 80 MH/s, um salto que a posiciona logo abaixo da versão não LHR da RTX 3080, com 10 MH/s a menos. A 3070 Ti consegue chegar a valores próximos dos 50 MH/s, ficando pouco atrás da RTX 3070 tradicional, sem LHR, que marca 60 MH/s.

Por fim, a 3060 Ti chega aos 40 MH/s, seguindo a tendência e se posicionando logo abaixo da versão não LHR da RTX 3060, que oferece 50 MH/s. Compatível com Windows e Linux, o método para burlar os limites está disponível apenas no algoritmo de Ethereum, mas tudo indica que novos updates poderão habilitar a função para outras criptomoedas futuramente.

Mais algoritmos podem ser liberados em breve

A lista de atualizações publicada pelos desenvolvedores do programa sugere que compatibilidade com mais algoritmos poderá ser adicionada em breve. Boa para os mineradores, a notícia deve preocupar usuários comuns — as GPUs começaram a cair de preço recentemente e, com o contorno do bloqueio, há a possibilidade de que a demanda suba novamente. Como consequência, os valores podem voltar a crescer.

O update do NBMiner torna o futuro das placas de vídeo incerto, e dependente da valorização do Ethereum (Imagem: Divulgação/Nvidia)

Ainda assim, como aponta o site Tom's Hardware, os custos elevados decorrentes da escassez de chips não devem atrair os mineradores como esperado. O método não habilita a capacidade de mineração das placas por completo, o que estenderia o retorno dos investimentos por períodos muito prolongados, ao menos na atual cotação do Ethereum.

Fonte: WCCFTech, NotebookCheck, Tom's Hardware

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.