Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

GeForce RTX 5000 pode ter até 512-bit de largura de banda

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Março de 2024 às 11h40

Link copiado!

NVIDIA YouTube
NVIDIA YouTube
Tudo sobre Nvidia

A NVIDIA ainda não apresentou o projeto das novas GeForce RTX 5000, mas um novo rumor sugere que placas topo de linha devem trazer até 512 bits de largura de banda, e não 384 bits. Assumindo que as GPUs Blackwell devem trazer memórias GDDR7, ao menos nos modelos mais poderosos, o barramento maior pode representar um salto de desempenho muito superior ao das RTX30 para as RTX40, com larguras de banda de até 1,5 TB/s.

Apesar de não ter sido confirmada oficialmente, a informação vem do leaker @kopite7kimi, no X (antigo Twitter), conhecido por ter fontes confiáveis na indústria. Segundo o usuário, o restante do lineup ainda deve se assemelhar às GeForce RTX 4000, com as séries xx80 e xx70 trazendo, respectivamente, barramento de 256 e 192 bits.

Continua após a publicidade

Geração de transição de memórias

É importante ressaltar que é comum as fabricantes lançarem produtos com as memórias mais novas apenas nos segmentos mais caros nas primeiras gerações de um novo padrão de memória. Sendo assim, é possível que as GPUs de entrada RTX 5060, série mais popular principalmente no Brasil, ainda utilizem o padrão GDDR6X.

Isso porque, até onde se sabe, a Micron, principal fornecedora de chips NAND da NVIDIA, anunciou módulos GDDR7 apenas a partir de 16 GB. Ou seja, placas com menos memória, teoricamente, ficariam restritas à geração anterior.

Os primeiros produtos com a nova arquitetura Blackwell a serem apresentados durante a GTC na próxima semana devem ser os aceleradores de IA sucessores dos atuais H100 e GH200. No entanto, vale lembrar que a série RTX 4000 foi anunciada oficialmente durante a edição de 2022 do evento, com as especificações sendo reveladas nos meses seguintes e lançamento no final daquele ano.