Publicidade

Soluções Nvidia GH200 e H100 lideram benchmarks de inferência MLPerf

Por| Editado por Jones Oliveira | 19 de Setembro de 2023 às 13h35

Link copiado!

Nvidia
Nvidia
Tudo sobre Nvidia

O superchip Nvidia Grace Hopper lidera o ranking nos benchmarks MLPerf de inferência, entregando até 4,5 vezes o desempenho de sistemas com CPUs x86 convencionais e GPUs H100. As GH200 combinam GPUs Hopper (H100), com CPUs Nvidia Grace (ARM), em uma plataforma desenvolvida sob medida para aplicações de IA, HPC e computação de borda.

O projeto utiliza a tecnologia Nvidia NVLink-C2C para unir GPU e CPU em um único superchip. Isso garante ao sistema como um todo uma maior largura de banda, mais memória e capacidade de alternar entrega de energia automaticamente conforme a demanda.

Continua após a publicidade

Líder de mercado em aplicações de IA

As soluções Nvidia Grace Hopper e H100 lideram praticamente sem concorrência os testes de visão computacional, reconhecimento de fala e grande modelos de imagem (LLMs) de IA generativa. Ainda assim, a empresa continua a investir em ampliar sua vantagem.

Em paralelo com as GH200, a Nvidia ainda desenvolveu o TensorRT-LLM, software de IA generativa com foco em otimizar o volume de inferências. A biblioteca de código aberto consegue dobrar o desempenho de inferência das GPUs H100, garantindo um enorme incremento sem a necessidade de upgrade para sistemas que já contam com as GPUs Nvidia.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O TensorRT-LLM elimina cargas de trabalho complexas com até duas vezes mais eficiência. Segundo testes internos, a aceleração de desempenho em relação à geração anterior, A100, em GPT-J 6B é de quatro vezes sem o novo software e salta para oito vezes com o TensorRT-LLM.

Isso também resulta em maior eficiência energética, reduzindo o custo total de operação e custos de energia em 5,3 e 5,6 vezes, respectivamente.