Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

GeForce RTX 5090 pode ter 1,5 TB/s de largura de banda

Por| Editado por Jones Oliveira | 19 de Setembro de 2023 às 16h45

Link copiado!

MSI
MSI
Tudo sobre Nvidia

As novas Nvidia GeForce RTX 5090 irã contar com incrementos consideráveis de especificações em relação às RTX 4090. Segundo rumor, as novas GPUs teriam 1,5 TB/s de largura de banda, 128MB de cache L2, saltos de 50% e 80%, respectivamente, além de frequência de até 2,9 GHz, cerca de 15% superior.

Apesar de não se tratar necessariamente de um vazamento, as informações vieram do leaker Panzerlied, que já demonstrou ter fontes seguras na indústria. O perfil @kopite7kimi no X (Twitter) também corroborou para reforçar que os dados são legítimos.

Continua após a publicidade

Comparativo entre as RTX 4090 e RTX 5090

Segundo Panzerlied, as GeForce RTX 5090 contariam com um salto de 50% no número de núcleos em relação às RTX 4090. Isso daria aos novos modelos 192 multiprocessadores e 24 mil núcleos CUDA.

Além disso, as novas GPUs abandonariam as VRAM GDDR6X em favor das novas GDDR7, com um incremento de cerca de 33%, tanto de volume de memória quanto de barramento. Dessa forma, estamos falando de impressionantes 32 GB de VRAM GDDR7 com barramento de 512-bits.

Caso isso se confirme, faz bastante sentido o aumento da largura de banda de 1 TB/s para 1,5 TB/s. Isso expando consideravelmente o volume de instruções que as novas RTX 5090 serão capazes de alocar e processar, resultando em um salto de performance de até 1,7 vezes.

Até o momento não foram revelados detalhes sobre a quantidade ou eventuais melhorias dos núcleos Tensor, além do projeto térmico. Considerando o histórico problemático da geração atual com conectores derretendo e placas superaquecendo, o TDP para lidar com todo esse poder gráfico, possivelmente, será o maior limitador para entrar nas novas gerações de placas entusiastas da Nvidia.

Fonte: Panzerlied via Chiphell