Publicidade

Ferramenta da Intel ajuda a saber se é hora de um upgrade no PC

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Setembro de 2023 às 15h30

Link copiado!

Reprodução/Intel YouTube
Reprodução/Intel YouTube
Tudo sobre Intel

Junto dos novos drivers para placas Intel Arc, a empresa lançou o software de monitoramento Intel PresentMon. Além de facilitar a vida de quem trabalha com benchmarks, a ferramenta traz interface mais intuitiva para usuários menos avançados entenderem se o setup está sendo limitado pela GPU ou pelo processador.

Apesar de ser disponibilizado pela Intel, o PresentMon é um programa open source, compatível com hardwares Nvidia e AMD, e pode ter seu código-fonte baixado no GitHub. Isso permite que desenvolvedores consigam adaptá-lo para melhorar a integração com outras ferramentas.

Identificando gargalos

Continua após a publicidade

Na prática, o PresentMon é um software de monitoramento que combina a interface intuitiva da Xbox Game Bar (Win+G) com alguns elementos mais avançados do MSI Afterburner ou Rivatuner.

Mesmo em beta, o aplicativo já está bastante completo, com um diferencial que deve facilitar muito a identificar limitadores de desempenho. Um dos indicadores do software da Intel é o GPU Busy (GPUB), que indica o tempo que a placa de vídeo leva para criar novos quadros.

A nova barra é apresentada em paralelo com o já conhecido “Frametime”, que representa o tempo que o processador leva para entregar os quadros gerados. Se o frametime for maior que o GPUB, isso significa que a CPU é um gargalo de desempenho, ao passo que se esses números empatam, o limitador é a placa de vídeo.

Continua após a publicidade

Até então, esse tipo de análise era feita baseada em extrapolações do percentual de uso de cada um desses componentes. Dessa forma, o PresentMon não trouxe algo superinovador, mas deixou essa relação mais visual e acessível, mesmo para quem não tem prática em rodar esses testes.