Exynos 2200 contraria rumores e supera Snapdragon 8 Gen 1 em teste vazado

Exynos 2200 contraria rumores e supera Snapdragon 8 Gen 1 em teste vazado

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 13 de Janeiro de 2022 às 10h36
Samsung

Novos testes encontrados no banco de dados do Geekbench nesta semana sugerem que o aguardado Exynos 2200 pode ter desempenho ligeiramente superior ao Snapdragon 8 Gen 1 em CPU, ao menos quando todos os núcleos são utilizados. Curiosamente, a novidade chega em meio a múltiplos rumores que indicam que a plataforma da Samsung estaria superaquecendo, o que teria motivado seu adiamento.

Exynos 2200 supera Snapdragon 8 Gen 1 em teste vazado

Os resultados se referem ao Geekbench 5.4.4 e são bastante recentes, datados desta terça (11), contando com os modelos SM-901U, munido do Snapdragon 8 Gen 1, e SM-S908B, equipado com o Exynos 2200 — de acordo com vazamentos anteriores, tratam-se do Galaxy S22 Ultra e do Galaxy S22 Plus, respectivamente.

Apesar de não impressionar em single-core, oferecendo desempenho cerca de 17% inferior frente ao rival da Qualcomm, o novo chipset da Samsung se destaca quando todo o conjunto de núcleos é utilizado, marcando 3.513 pontos, número 6% maior que o concorrente. A diferença não é gritante, e pode até ser enquadrada como margem de erro, mas ao menos indica que ambos devem ter desempenho equivalente em tarefas que exijam mais do processador.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Testes encontrados nesta semana mostram que o Exynos 2200 ainda deve concorrer com o Snapdragon 8 Gen 1 em tarefas multi-core (Imagem: Reprodução/Geekbench)

Dito isso, vale lembrar que o Exynos 2100 também superava o Snapdragon 888 em determinados benchmarks, definitivamente marcando uma evolução para a linha, mas continuava a sofrer com perdas mais significativas de desempenho em cargas de trabalho prolongadas, momento em que havia aumento das temperaturas.

Os resultados também não descartam por completo o que foi apontado pelos rumores, que sugerem que o próximo chipset premium da Samsung deve ter problemas mais sérios de aquecimento, entregando menos performance que o esperado da nova GPU baseada na microarquitetura RDNA 2 da AMD.

Rumores indicam problemas de superaquecimento

Segundo informações do leaker Ice Universe, de histórico confiável, o Exynos 2200 não estaria atendendo às expectativas da Samsung em virtude do alto aquecimento. Entre os detalhes mais preocupantes, o informante sugeriu que a GPU RDNA 2 foi projetada para atingir os 1.900 MHz, mas que precisou ter o clock reduzido para apenas 1.300 MHz diante das temperaturas elevadas.

O leaker chegou a indicar que o novo Exynos seria "o pior chipset do mundo Android", atrás do Snapdragon 8 Gen 1 e até mesmo do Dimensity 9000, primeira aposta da MediaTek no segmento premium em anos. Não é possível confirmar isso no momento, considerando que a gigante sul-coreana ainda não divulgou informações oficiais sobre o desempenho do chip, mas há fortes indícios apontando para essa possibilidade.

Além de um adiamento, fato que a Samsung garante não estar relacionado com a performance, os diversos resultados vazados e o próprio desempenho insatisfatório entregue pela CPU do Snapdragon 8 Gen 1 são indicadores de problemas — a plataforma da Qualcomm utiliza as mesmas configurações do Exynos 2200, e também é fabricado pela Samsung, mesmo que temporariamente.

Fonte: GeekbenchWCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.