Apple teria encomendado 80 milhões de chips A14 à TSMC para 2020

Por Felipe Junqueira | 03 de Julho de 2020 às 19h20
Reprodução
Tudo sobre

TSMC

Saiba tudo sobre TSMC

Ver mais

A TSMC perdeu contratos com sua segunda maior cliente do mundo, a Huawei, e já anunciou ter compensado os pedidos sem grandes problemas. Agora, há mais um motivo para a fabricante de chips móveis celebrar: a Apple teria pedido cerca de 80 milhões de plataformas A14 Bionic, que devem ser utilizadas no iPhone 12— ou seja lá como vai chamar a família 2020 dos celulares da Maçã.

A informação foi divulgada pelo perfil @L0vetodream, no Twitter, sem mais explicações. É possível que o número envolva produção total de chips para três ou quatro linhas diferentes de produtos da Maçã: iPad, iPhone e iPhone Pro, e Mac.

Rumores apontam que os celulares da Apple em 2020 terão diferença na plataforma entre os modelos base e os Pro. Caso isso se confirme, o iPhone 12 e sua suposta variante maior teriam o A14 Bionic, enquanto o iPhone 12 Pro e sua variante maior trariam o A14X Bionic. Acredita-se que os dois modelos serão fabricados no mesmo processo de 5 nm.

A Maçã também informou há poucas semanas que pretende utilizar arquitetura ARM em chips de computadores, mas não entrou em muitos detalhes quando isso acontecerá e qual processo de manufatura tais componentes utilizariam. Há rumores de que um anúncio seja feito já no final de 2020, o que poderia incluir uma parte na conta dessas 80 milhões de plataformas encomendadas.

Uma notícia recente indica que fornecedores da Apple não estão otimistas com a próxima geração de celulares da empresa, e acreditam que a procura pode ser 50% menor do que o esperado. Fatores como a pandemia e a crise econômica causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e uma aparente pouca empolgação com a tecnologia 5G seriam alguns dos motivos.

Ou seja, caso seja correta a informação dos 80 milhões de chips encomendados pela Apple, é bem possível que seja para dividir entre outros produtos além do iPhone 12.

Fonte: via WCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.