Publicidade

AMD anuncia linha Ryzen 7040U para ultrabooks e PCs portáteis

Por| Editado por Wallace Moté | 04 de Maio de 2023 às 11h06

Link copiado!

Divulgação/AMD
Divulgação/AMD
Tudo sobre AMD

Quase 5 meses depois de trazer a arquitetura Zen 4 aos notebooks gamer, a AMD apresentou nesta quarta-feira (3) a família Ryzen 7040U "Phoenix Point", focada em ultrabooks e outros dispositivos portáteis mais finos, incluindo consoles rivais do Steam Deck como o GPD Win Mini. A linha de componentes estreia com ficha técnica quase idêntica à dos modelos mais avançados para laptops de alto desempenho, mas conta com TDP limitado para atender aos aparelhos compactos, além de dois chips inéditos.

Os novos processadores da AMD trazem os mesmos benefícios e tecnologias encontrados na linha Ryzen 7040HS, incluindo a litografia de 5 nm da TSMC, os robustos e eficentes núcleos Zen 4 e os gráficos integrados com arquitetura RDNA 3 — a mesma das recentes placas Radeon RX 7000 —, mas como o uso da letra "U" indica, o consumo é limitado para garantir menor aquecimento e assim permitir que dispositivos mais compactos possam utilizar esses chips sem dificuldades.

No caso, a família Ryzen 7040U pode ser configurada entre 15 W e 30 W (um pouco mais do que os 15 W a 28 W da geração anterior), ficando sob responsabilidade da fabricante do aparelho definir a quantidade ideal de energia a ser fornecida. Algumas delas, especialmente as de consoles, podem ainda desenvolver apps dedicados que permitem ao próprio usuário definir o TDP ideal, definindo se preferem melhor autonomia de bateria ao selecionar valores mais próximos de 15 W, ou maior potência ao levar o processador aos 30 W.

Continua após a publicidade

Ao total, teremos 4 CPUs, sendo 2 delas velhas conhecidas adaptadas, e 2 delas soluções estreantes para o segmento de entrada. No topo está o Ryzen 7 7840U, de 8 núcleos e 16 threads, com clock base de 3,3 GHz, boost de 5,1 GHz e 24 MB de cache (8 MB L2 + 16 MB L3). Ainda entre as opções mais robustas está o Ryzen 5 7640U, de 6 núcleos e 12 threads, clock base de 3,5 GHz, boost de 4,9 GHz e 22 MB de cache (6 MB L2 + 16 MB L3).

Esse chip terá um modelo mais modesto na forma do Ryzen 5 7540U, também de 6 núcleos e 12 threads, bem como 22 MB de cache, mas com clocks reduzidos de 3,2 GHz junto do boost de 4,9 GHz. Totalmente inédito é o Ryzen 3 7440U, 100% focado nos notebooks mais simples, com 4 núcleos e 8 threads, clock base de 3,2 GHz, boost de 4,7 GHz e meros 12 MB de cache (4 MB L2 + 8 MB L3).

Continua após a publicidade

Um dos principais destaques da família Ryzen 7040U é a seleção de gráficos integrados, que graças à arquitetura RDNA 3, devem entregar potência suficiente para rodar mesmo alguns jogos pesados com configurações razoáveis em 1080P, como mostraram testes feitos com o Ryzen 9 7940HS limitado a 15 W. Haverá três modelos de GPU, liderados pela Radeon 780M, com 12 Unidades Computacionais (CUs) ou 768 núcleos e clocks de até 2.700 MHz, podendo oferecer até 8,6 TFLOPs de poder computacional.

Logo abaixo está a Radeon 760M, que traz um upgrade notável frente à Radeon 660M da geração passada por embarcar 8 CUs, em vez de apenas 6 como sua antecessora. Dessa maneira, temos um total de 512 núcleos, com clocks de até 2.600 MHz e poder computacional de até 5,32 TFLOPs. Por fim, temos a Radeon 740M, com tímidos 4 CUs ou 256 núcleos, clocks de até 2.500 MHz e até 2,56 TFLOPs de poder computacional.

Usuários que quiserem ter acesso à melhor performance oferecida pela robusta Radeon 780M terão de procurar por máquinas equipadas com o Ryzen 7 7840U, considerando que o Ryzen 5 7640U será limitado à Radeon 760M, enquanto o Ryzen 5 7540U e o Ryzen 3 7440U serão ainda mais modestos ao trazer apenas a Radeon 740M.

Continua após a publicidade

Há aqui mais alguns aspectos interessantes — além da forte similaridade com a linha Ryzen Z1, feita especificamente para consoles, os TFLOPs anunciados só são atingidos por conta do funcionamento curioso da arquitetura RDNA 3, em que pares de núcleos atuam de forma "casada". Pelo cálculo tradicional (2 vezes o clock vezes o número de núcleos), a Radeon 780M, por exemplo, teria apenas 4,3 TFLOPs. Apesar disso, como é sabido, esse valor não representa necessariamente o desempenho em uso real. É preciso aguardar pelos reviews.

Outra novidade, presente no Ryzen 7 7840U e no Ryzen 5 7640U, é o chamado "Ryzen AI". Trata-se de um acelerador de Inteligência Artificial que utiliza a arquitetura AMD XDNA, desenvolvida com tecnologia da Xilinx, lendária por ser reconhecida como a inventora do FPGA (o chip programável). A gigante não deu detalhes técnicos, mas assegurou que o acelerador vai proporcionar "novas experiências", aprimorar algumas tarefas que se aproveitem de IA e será compatível com o pacote Studio Effects do Windows 11 para videochamadas.

A AMD está confiante de que os componentes estreantes têm fôlego para superar os rivais Intel Raptor Lake-P de 13ª geração e, mais do que isso, combater até mesmo o poderoso Apple M2. Segundo os números divulgados pela marca, em um comparativo do Ryzen 7 7840U com o Core i7 1360P e o M2, a solução do time vermelho seria de 29% a 128% superior ao rival da Intel, e 5% a 75% melhor frente ao chip da Maçã, dependendo da tarefa realizada. Mais uma vez, é preciso aguardar pelos reviews.

Continua após a publicidade

Os primeiros notebooks equipados com processadores Ryzen 7040U Phoenix devem chegar "nas próximas semanas" — a companhia confirmou ter tido alguns atrasos na produção, mas revelou que as fabricantes de dispositivos já estão recebendo as CPUs. Novidades mais detalhadas sobre esse ponto devem chegar ainda neste mês, considerando a proximidade da Computex 2023, uma das principais feiras de hardware do ano.

AMD Ryzen 7040U "Phoenix Point": ficha técnica

ProcessadorNúcleos/ThreadsClocks (Base/Boost)Cache (L2 + L3)GPU integrada (CUs)Clock da GPUTDP configurável
AMD Ryzen 7 7840U8/163,3 GHz/5,1 GHz24 MBRadeon 780M (12 CUs)Até 2.700 MHz15 W a 30 W
AMD Ryzen 5 7640U6/123,5 GHz/4,9 GHz22 MBRadeon 760M (8 CUs)Até 2.600 MHz15 W a 30 W
AMD Ryzen 5 7540U6/123,2 GHz/4,9 GHz22 MBRadeon 740M (4 CUs)Até 2.500 MHz15 W a 30 W
AMD Ryzen 3 7440U4/83,2 GHz/4,7 GHz12 MBRadeon 740M (4 CUs)Até 2.500 MHz15 W a 30 W
Continua após a publicidade

Fonte: AMD, via AnandTech, WCCFTech