Bilionário, Jack Dorsey coletou apenas US$ 1,40 de salário do Twitter em 2018

Por Rafael Arbulu | 09 de Abril de 2019 às 16h07
Foto: Reprodução
Tudo sobre

Twitter

Saiba tudo sobre Twitter

Ver mais

O ano de 2018 provavelmente rendeu muito dinheiro para Jack Dorsey, CEO do Twitter. Entretanto, essa riqueza não deve ter vindo da plataforma de microblogs — ao menos, não diretamente: segundo um relatório emitido pela empresa às autoridades fiscais dos Estados Unidos, a rede social pagou a Dorsey o salário de US$ 1,40 em 2018, ou seja, o equivalente a R$ 5,40.

O pagamento, mais além, marca a primeira vez que o executivo tirou qualquer renda do Twitter desde que reassumiu o seu controle como CEO, em 2015: até 2017, Dorsey não recebia um centavo pelo cargo. “O Sr. Dorsey recusou qualquer compensação ou benefícios nos últimos três anos, como um testamento de seu compromisso e crença no potencial de valor criativo do Twitter a longo prazo”, disse o Twitter, no documento. Em outras palavras, Dorsey acredita tanto na rede que recusa que ela o pague.

O CEO do Twitter, Jack Dorsey

Salários simbólicos não são exatamente uma novidade: o falecido co-fundador da Apple, Steve Jobs, é provavelmente o exemplo mais conhecido de remuneração direta praticamente inexistente na liderança de empresas multinacionais de tecnologia. Outros exemplos dessa medida incluem Eric Schmidt, Sergey Brin e Larry Page (da Google), Larry Ellison (da Oracle) e John Chambers (da Cisco), apenas para citar alguns.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Entretanto, todas essas pessoas são bilionárias: segundo a Bloomberg, Jack Dorsey possui valor ativo de US$ 5,53 bilhões. A razão para isso, evidentemente, é a capacidade acionária dos CEOs de multinacionais. O executivo que lidera o Twitter possui, em opções acionárias, cerca de 2% da empresa, além de também ocupar o cargo de CEO e ser dono de 15% da empresa de pagamentos móveis Square.

Isso porque as posses de Dorsey não chegam nem perto das de, por exemplo, Larry Ellison: o fundador e atual CTO da Oracle Corporation é também o seu maior acionista. Novamente citando a Bloomberg, o valor de mercado e posses acionárias de Ellison chega a US$ 57,7 bilhões, efetivamente posicionando-o como o nono homem mais rico do mundo. Talvez seja por isso que ele seja um ávido fã e coletor de carros da Porsche.

No caso de Dorsey, pode ser que ele receba um “aumento” para 2019: o documento submetido pelo Twitter indica que o salário dele deve dobrar, chegando a absurdos… US$ 2,80 (R$ 10,79). Se isso se confirmar, Dorsey pode ao menos fazer uma viagem de ida e volta por São Paulo, se integrar as passagens do Bilhete Único.

Fonte: SEC Fillings; Bloomberg (1) (2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.