Os 10 melhores games do Super Nintendo

Os 10 melhores games do Super Nintendo

Por Guilherme Sommadossi | Editado por Bruna Penilhas | 07 de Dezembro de 2021 às 18h40
Montagem/Divulgação/Canaltech

Em 1990, o mundo dos games foi apresentado ao Super Nintendo, ou SNES, a casa de grandes jogos e franquias. Games do Mario, Donkey Kong, The Legend of Zelda e tantos outros clássicos foram aproveitados pelos jogadores na época e estão até entre os mais vendidos.

Com o clássico controle cinza e os botões roxos, o console foi um dos mais populares entre os fãs da Big N. Vale dizer ainda que ele é a versão ocidental do Super Famicom, vendido no Japão. O videogame ainda teve as versões Júnior e Baby, mais compactas, mas que rodavam os mesmos games.

Abrace suas nostalgia e venha com o Canaltech relembrar os 10 melhores jogos de Super Nintendo a seguir (a lista segue uma ordem de lançamento, e não de preferência):

10. Super Mario World (1990)

O jogo do encanador não é só um dos mais legais, mas também o mais vendido do SNES. Conhecido como Super Mario Bros. 4 no Japão, foi neste game que conhecemos o Yoshi (eu sei que você jogou ele do precipício) e vemos novas mecânicas na franquia de plataforma, como correr e flutuar.

9. Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time (1991)

Leonardo, Raphael, Donatello e Michelangelo também lutaram no Super Nintendo. Na aventura, as tartarugas devem enfrentar os clássicos vilões Shredder e Krang, em uma aventura por túneis do tempo, indo do tempo dos dinossauros ao futuro tecnológico.

8. Super Metroid (1991)

Na sequência direta de Metroid II: Return of Samus (1991), a grande protagonista está no planeta Zebes enfrentando piratas espaciais. Como uma clássica aventura do game, há diversas melhorias e armas para serem encontradas e chefões para derrotar.

7. The Legend of Zelda: A Link to the Past (1991)

O terceiro jogo da saga de Link chegou em 16-bit e conta com ótimas mecânicas. O game trouxe novos conceitos de combate e de narrativa, apresentando mundos alternativos, algo recorrente na série Zelda até os dias atuais.

6. Super Mario Kart (1992)

O primeiro jogo de corrida do Mario e companhia foi o que pavimentou a estrada de sucesso dos games seguintes. Mesmo com mecânicas simples nas disputas de kart, poder correr contra Luigi, Bowser, DK e muitos outros é uma experiência divertidíssima, seja sozinho ou com amigos.

5. Super Star Fox (1993)

Fox McCloud, Slippy Toad, Peppy Hare e Falco Lombardi fizeram sua estreia no mundo dos games através do SNES. Na primeira jornada da franquia, os aventureiros enfrentam Andross, cujo objetivo maléfico é destruir o sistema Lylat. A aventura espacial leva o jogador para combates entre naves poligonais, com um visual revolucionário para a época.

4. Super Street Fighter II Turbo (1994)

O grande apanhado das edições Super, Champion Edition e Hyper Fighting trouxe todos os lutadores e mapas lançados no Street Fighter II (1991) original. Na super versão, também foram corrigidos bugs e outros problemas (ah, os tempos de pré-internet nos consoles), golpes aprimorados e a opção de lutar com personagens iguais, mas com roupas de cores diferentes.

3. Earthbound (1994)

Conhecido no Japão como Mother 2: Gyiyg Strikes Back!, o RPG funcionava quase como uma paródia do mundo real. Na trama, a força maligna Giygas ameaça a humanidade, mas para derrotá-la, o jovem Ness precisa encontrar forças nos oito santuários da Terra.

2. Donkey Kong Country 2 (1995)

Depois do sucesso do primeiro Donkey Kong Country (1994), a aventura protagonizada por Diddy e Dixie conta com os modos de jogo single-player, cooperativo e competitivo. Cada macaquinho tem habilidades únicas, algo que deixa o jogo ainda melhor.

1. Chrono Trigger (1995)

Outro aclamado RPG, mas este em especial por ter uma equipe dos sonhos na criação. Entre eles, Hironobu Sakaguchi e Nobuo Uematsu, o produtor e o compositor de Final Fantasy, respectivamente, além de Yuji Horii, diretor da série Dragon Quest, e Akira Toriyama, o criador de Dragon Ball.

Além do protagonista Cronos, o jogador podia contar com mais seis personagens — desse total, três podiam ser controlados nas aventuras e nas batalhas. Além disso, detalhes na jogabilidade e nos cenários também foram revolucionários na época. O jogo ainda é repleto de segredos, que são encontrados até hoje.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.