Óculos AR/VR da Apple podem custar mais de R$ 11 mil, sugere analista

Óculos AR/VR da Apple podem custar mais de R$ 11 mil, sugere analista

Por Lupa Charleaux | Editado por Wallace Moté | 17 de Janeiro de 2022 às 13h40
Reprodução/Ian Zelbo

Para quem esperava os óculos de realidade mista da Apple com “preços acessível”, os recentes rumores não trazem boas notícias. Conforme o analista Mark Gurman, a tecnologia do headset pode fazê-lo custar mais de US$ 2 mil (cerca de R$ 11 mil na atual conversão direta).

Na newsletter Power On desta semana, o jornalista da Bloomberg reforça que os óculos AR/VR da Apple usarão o processador M1 Pro. Esse é o mesmo chipset proprietário usado nos notebooks MacBook Pro lançados no final de 2021.

“Eu esperaria um dispositivo com dois processadores, sendo um deles no mesmo nível do M1 Pro. Combine isso com vários displays – incluindo painéis 8K de super alta resolução –, lentes intercambiáveis e tecnologia avançada, isso aumenta os custos”, destaca Gurman.

Renderização dos óculos de realidade mista da Apple (Imagem: Reprodução/Antonio De Rosa)

Para mais, o jornalista da Bloomberg destaca que a Apple precisa recuperar o investimento de sete anos de desenvolvimento do produto. Por esse motivo, o modelo deve chegar ao mercado com valores elevados.

Experiência voltada para jogos

Segundo Gurman, a Apple pode usar o chipset M1 Pro nos óculos de realidade mista por conta da necessidade de oferecer gráficos avançados. Em uma comparação, o M1 “padrão” possui uma GPU de 8 núcleos, enquanto o M1 Pro possui de 14 a 16 núcleos.

“Os jogos devem ser o foco principal do gadget, especialmente por ele ter dois processadores, um cooler, telas de altíssima resolução e a própria App Store. A Apple busca se posicionar como um sonho para os desenvolvedores de games”, citou o jornalista anteriormente.

O consumo de conteúdo multimídia e o uso para comunicação são os objetivos secundários do produto. Assim, a Apple deve trabalhar com empresas terceiras para a criação de conteúdos especiais e para promover um novo formato de FaceTime.

"Apple VR" pode ser lançado apenas em 2023 (Imagem: Reprodução/Ian Zelbo)

Possíveis nomes do Apple VR

Apesar de receber o apelido de Apple VR pela imprensa, o dispositivo não teve o nome oficial revelado. Segundo Gurman, Apple Vision, Apple Reality, Apple Sight/iSight, Apple Lens ou Apple Goggles são alguns dos potenciais nomes do produto.

Então, o analista acredita que o headset pode ser anunciado durante o Worldwide Developers Conference (WWDC 2022), evento previsto para junho deste ano. Contudo, ele não descarta a hipótese de que o gadget de realidade mista seja lançado apenas em 2023.

Vale citar que recentes rumores indicam que os óculos de realidade mista podem atrasar devido a problemas de superaquecimento. Então, isso poderia realmente mover a estreia do aparelho para o próximo ano.

Fonte: MsPowerUser, 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.