Apple VR deve ter poder de chip M1 e ganhar anúncio em 2022

Apple VR deve ter poder de chip M1 e ganhar anúncio em 2022

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 26 de Novembro de 2021 às 09h53
Reprodução/Antonio De Rosa

Há anos comenta-se a possibilidade da Apple entrar no mercado de óculos de realidade virtual, e os rumores sugerem que isso está prestes a acontecer mesmo. A mais nova informação de bastidor sobre esse dispositivo dá conta que o Apple VR deve chegar já em 2022.

O dispositivo estaria listado para o período entre outubro e dezembro do ano que vem. Por esse calendário, podemos imaginar que seu anúncio seria feito em um dos eventos mais importantes da empresa: o dos iPhones novos, que acontece em setembro.

Tentativa de desenho industrial mostrando como seria o headset Apple VR (Imagem: Reprodução/The Information)

Segundo Ming-Chi Kuo, o Apple VR deve contar com poder computacional de um Mac. E sim, sua operação deve ser independente. Dessa forma, os usuários não precisarão parear um iPhone, iPad, ou Mac para seu uso.

Poder de Mac M1

O poder de fogo do Apple VR deve ser equivalente ao do chip Apple M1. Um coprocessador deve ser incluído para lidar exclusivamente com tarefas dos sensores, que desempenharão papel crucial para uma experiência de realidade virtual e mista perfeita.

As especificações completas do óculos de realidade virtual são um mistério, mas o usuário pode esperar um produto premium. Comenta-se a inclusão de duas telas OLED Ultra HD, uma para cada lente. A empresa estaria projetando o Apple VR para ser bem leve, pesando cerca de 300 gramas.

Vale lembrar, patentes já mostraram a possibilidade de a Maçã estar preocupada com seu sistema de refrigeração. E claro, ele não deve chegar ao mercado barato: cogita-se preço entre US$ 1 mil e US$ 3 mil.

Fonte: Mac Rumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.