Primeira missão do programa lunar Artemis pode ser lançada em fevereiro de 2022

Primeira missão do programa lunar Artemis pode ser lançada em fevereiro de 2022

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 25 de Outubro de 2021 às 10h30
NASA

O primeiro voo do foguete Space Launch System (SLS), que acontecerá com a primeira missão do programa Artemis, pode não estar tão distante. Segundo informações da NASA anunciadas na última sexta-feira (22), a missão Artemis I está programada para ser lançada em fevereiro de 2022, e abrirá o caminho para as missões tripuladas do programa lunar. A data exata para o lançamento será definida no ano que vem. 

Estimativas anteriores apontavam que o lançamento do foguete poderia acontecer no fim de 2021, mas, após uma série de atrasos, a missão acabou adiada para 2022. A nova data foi divulgada apenas um dia após a montagem do Space Launch System, que recebeu a cápsula Orion instalada em seu topo e, assim, formou um sistema de aproximadamente 98 m de altura. Agora, a NASA seguirá executando uma série de testes e deverá seguir com estes procedimentos até fevereiro, para verificar o desempenho de sistemas e outros componentes necessários. 

Já no início do ano que vem, os profissionais da agência espacial devem realizar um “ensaio” com o foguete, abastecendo-o com os propelentes necessários para o voo, mas sem acionar os motores. Se tudo correr bem, o SLS voltará para o hangar para passar por mais algumas verificações, para somente depois ser levado de volta à plataforma de lançamentos para finalmente voar. Tudo dando certo, a NASA definirá a data para o lançamento da Artemis I, missão em que a cápsula Orion será lançada para orbitar a Lua, ainda sem tripulação em seu interior. 

Em seguida, a missão Artemis II contará com a cápsula Orion viajando ao redor da Lua já com astronautas a bordo, mas sem pouso, enquanto a missão Artemis III, programada para acontecer em 2024, levará a primeira mulher e a primeira pessoa negra à superfície lunar. Entretanto, há uma série de desafios que a NASA segue enfrentando, os quais podem afetar este cronograma — mas, mesmo assim, a agência espacial segue mantendo o cronograma. 

Por outro lado, a prioridade atual é o lançamento da Artemis I, que terá três diferentes janelas de lançamento: uma no início de fevereiro, outra em março e, por fim, uma em abril, sendo que cada janela dessas dura aproximadamente 15 dias. Como essas janelas dependem do movimento da Terra em seu eixo e da rotação da Lua, elas vão determinar a duração da missão, que será de quatro a seis semanas. 

Fonte: The Guardian, The Verge, Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.