Programa Artemis levará a primeira pessoa negra à superfície da Lua, diz NASA

Programa Artemis levará a primeira pessoa negra à superfície da Lua, diz NASA

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 12 de Abril de 2021 às 15h20
NASA

Além de realizar o primeiro pouso de uma mulher na superfície da Lua, o programa Artemis também pretende colocar a primeira pessoa negra em nosso satélite natural. Segundo o administrador da NASA, Steve Jurczyk, esta é uma meta alinhada com o compromisso do atual presidente dos EUA, Joe Biden, em buscar uma abordagem que promova a equidade.

Esta é a primeira vez em que a agência fala especificamente sobre a participação de um astronauta negro na missão de retorno a Lua, através do programa Artemis. No entanto, ainda não há um nome indicado para este cargo. Até então, apenas “o próximo homem e a primeira mulher” estavam confirmados. Em declaração oficial, Jurczyk explica que o financiamento de cerca de US $ 24,7 bilhões solicitado para o próximo ano fiscal demonstra o compromisso do governo Biden com a NASA e seus parceiros — os quais obtiveram sucesso no ano passado, apesar das dificuldades provocadas pela pandemia de COVID-19.

(Imagem: Reprodução/NASA)

Na administração passada, a previsão da NASA para concluir o primeiro pouso lunar do programa Artemis era até 2024. No entanto, o atual governo ainda não disse se manterá este cronograma, que pode ser postergado. O administrador da agência espacial também diz saber que esse aumento do financiamento ocorre em um momento de poucos recursos e, por isso, cada dólar investido na NASA será bem aplicado. “É um investimento no nosso futuro e mostra confiança no que esta agência tem a oferecer", acrescentou.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Até o momento, o programa Artemis segue com sua data de pouso tripulado na para 2024, mas, pelos próximos meses, o governo Biden deve confirmar os próximos objetivos da gestão, inclusive se mantém este cronograma — dando então mais detalhes sobre os gastos desse e de outros programas. De todo modo, os orçamentos da NASA precisam da aprovação do Congresso.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.