NASA abre inscrições para missão de um ano que simulará as condições de Marte

NASA abre inscrições para missão de um ano que simulará as condições de Marte

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 09 de Agosto de 2021 às 12h45
NASA

Além dos desafios tecnológicos que a exploração do espaço impõe, é necessário avaliar quais obstáculos nós, humanos, enfrentaremos em mundos distantes. Por isso, a NASA está em busca de candidatos que queiram compor a tripulação da primeira missão análoga, com duração de um ano, em um ambiente que simulará a vivência em Marte. O projeto CHAPEA está marcado para começar em setembro do próximo ano e, entre outros objetivos, estudará como indivíduos altamente motivados respondem a uma simulação rigorosa e de longa duração.

A missão Crew Health and Performance Exploration Analog (CHAPEA) inclui três simulações de um ano sobre a superfície marciana, baseadas no Johnson Space Center, da NASA, em Houston. Os trabalhos serão fundamentais para apoiar pesquisas voltadas para o desenvolvimento de métodos e tecnologias que previnam e resolvam problemas em futuras missões tripuladas por humanos à Lua e Marte. “O análogo é essencial para testar soluções que atendam às necessidades complexas de vida na superfície marciana”, explica Grace Douglas, cientista à frente da pesquisa de Tecnologia de Alimentos Avançada do centro espacial.

Concepção artística do Mars Dune Alpha (Imagem: Reprodução/ICON)

Cada uma das missões contará com quatro tripulantes. Para isto, a NASA está desenvolvendo um módulo de 160 metros quadrados, totalmente impresso em 3D pela empresa de construção e tecnologia ICON. Chamado Mars Dune Alpha, o habitat simulará os desafios esperados em uma missão marciana, como limitação de recursos, falha de equipamentos, atrasos nos sistemas de comunicação e outros tipos de estressores. Além disso, outras tarefas podem ser designadas para os membros, como caminhadas espaciais, pesquisa científica, uso de realidade aumentada e controles robóticos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

No Mars Dune Alpha, cada tripulante terá sua acomodação, localizada na extremidade da habitação. A unidade também terá áreas de trabalho, estações de cultivo de alimentos, baia médica, cozinha e espaço para exercícios e lazer compartilhados. O sistema de iluminação, temperatura e som poderão — e boa parte das mobílias — ser personalizados de acordo as necessidades da tripulação. No entanto, a experiência está longe de ser comparada a um período de férias "diferentão": segundo a NASA, o habitat será tão realista que os fatores estressantes, como o próprio isolamento, não escaparão da rotina.

Qualquer norte-americano saudável pode se candidatar à missão, desde que atenda aos requisitos mínimos estabelecidos pela NASA. Os candidatos precisam ter idade entre 30 a 55 anos, não podem fumar e precisam dominar o inglês. A agência norte-americana também exige a experiência em alguma área de STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) e experiência profissional de, no mínimo, dois anos — ou, pelo menos, 1.000 horas pilotando aeronaves a jato.

Vale destacar que esta não é a primeira missão análoga a Marte do planeta existe a Mars Desert Research Station (MDRS), em Utah, desenvolvida pela Mars Society — onde as missões duram em torno de três a quatro meses. Aqui no Brasil, encontramos o projeto Habitat Marte, uma iniciativa da Universidade do Rio Grande do Norte (UFRN). Contudo, missão CHAPEA, da NASA, será a primeira do tipo a durar um ano.

As aplicações estarão abertas até o próximo dia 17 de setembro. Caso você cumpra todos os requisitos e queira saber como se inscrever, basta acessar aqui.

Fonte: ScienceAlert, NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.