Motores do novo módulo russo "entortaram" a ISS; problema já foi resolvido

Motores do novo módulo russo "entortaram" a ISS; problema já foi resolvido

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 29 de Julho de 2021 às 18h30
NASA TV

Na semana passada, a Rússia lançou o Nauka, o novo módulo a compor o segmento russo da Estação Espacial Internacional (ISS). Após alguns dias de viagem, o componente chegou ao laboratório orbital nesta quinta-feira (29) e já foi acoplado à porta que, anteriormente, era ocupada pelo módulo Pirs. Contudo, cerca de três horas após finalizar a acoplagem, os propulsores do novo módulo foram acionados inesperadamente, o que causou uma breve perda de controle da orientação da estação. A boa notícia é que o ocorrido já foi solucionado, e não trouxe riscos aos astronautas.

Com o acionamento acidental dos propulsores, o laboratório orbital ficou 45º inclinado em relação à orientação adequada. Isso é algo que acontece raramente, mas o sistema da estação logo reconheceu que os propulsores do Nauka estavam alterando a orientação do laboratório, e acionou os motores do módulo Zvezda para compensar a mudança de posição. O processo foi concluído pela nave cargueira Progress 78, que está acoplada à ISS, e não houve risco para os astronautas. “A tripulação não está e nunca esteve em perigo, e o controle de atitude já foi recuperado”, disse Rob Navias, representante da NASA, durante uma transmissão.

A configuração atual da estação (Imagem: Reprodução/NASA)

Os astronautas a bordo da estação estavam no meio de suas tarefas diárias quando o controle de atitude foi perdido, e as atividades que restaram foram canceladas para a tripulação poder realizar possíveis procedimentos de resposta à anomalia. Após recuperar a posição correta, os controladores do módulo Nauka iniciaram um trabalho para garantir que os propulsores não realizassem outro disparo acidental, e o comando foi implementado com sucesso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Nauka é um módulo russo bastante aguardado, que sofreu longos atrasos até seu lançamento. Agora que está integrado à estação, o novo componente poderá dar suporte a atividades científicas, novas acomodações para cosmonautas, a tripulantes visitantes e veículos cargueiros. O controle de missão em Houston segue monitorando a situação da estação, que causou adiamento no teste de voo da nave Starliner, da Boeing, que deveria acontecer nesta sexta-feira (30) e acabou sendo adiado para o dia 3 de agosto.

Fonte: NASA, Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.