Finalmente! Missão Crew-3 é lançada e leva mais quatro astronautas à ISS

Finalmente! Missão Crew-3 é lançada e leva mais quatro astronautas à ISS

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 11 de Novembro de 2021 às 10h38
NASA/Joel Kowsky

Na noite de quarta-feira (10), a missão Crew-3 foi lançada, levando quatro astronautas para uma missão de seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). O lançamento aconteceu às 23h03 (horário de Brasília) com um foguete Falcon 9, impulsionando a cápsula Crew Dragon (apelidada de “Endurance” pela tripulação) à órbita. Os astronautas ainda têm mais algumas horas de viagem pela frente e devem chegar à estação por volta das 21h10, no horário de Brasília, nesta quinta-feira (11).

O lançamento da missão ocorreu dois dias após o retorno dos astronautas da missão Crew-2, que passaram quase 200 dias a bordo da estação. Além disso, a Crew-3 foi adiada algumas vezes em função de condições climáticas desfavoráveis para o lançamento, além de um problema de saúde de um dos tripulantes, que já está totalmente recuperado. Agora, Raja Chari, Tom Marshburn e Kayla Barron, todos astronautas da NASA, junto de Matthias Maurer, astronauta da Agência Espacial Europeia (ESA), seguem viagem para a ISS.

Durante a noite de quinta, a nave deverá ser acoplada autonomamente à porta do módulo Harmony. "A viagem foi ótima, melhor do que imaginamos”, disse o comandante Raja Chari, um pouco após a cápsula alcançar a órbita. Esta é a terceira missão operacional de rotação dos tripulantes da ISS realizada através do Commercial Crew Program, e a SpaceX irá monitorar as manobras automáticas realizadas ao longo do caminho, enquanto as equipes da NASA acompanham as operações da estação em solo. “A parceria da NASA com a SpaceX não é crítica somente para pesquisas de ponta, mas também para a colaboração internacional”, disse Bill Nelson, administrador da NASA.

Marshburn está em seu terceiro voo espacial, sendo também a sexta pessoa que viaja ao espaço a bordo de três naves diferentes. Já Chari, Barron e Maurer estão em seu primeiro voo espacial — e vale destacar que o astronauta europeu é considerado também o 600º humano a ir ao espaço. A lista com os demais viajantes espaciais inclui desde turistas — como o ator William Shatner, que voou recentemente com a Blue Origin — até astronautas norte-americanos e russos, que passaram longos períodos em órbita. Na prática, isso significa aproximadamente 10 pessoas viajando ao espaço a cada ano desde o voo de Yuri Gagarin em 1961, que o marcou na história como o primeiro homem a ir ao espaço.

Quando chegarem à estação, Chari, Marshburn, Barron e Maurer se juntarão aos tripulantes da Expedição 66, formada por Mark Vande Hei, astronauta da NASA, e pelos cosmonautas Anton Shkaplerov e Pyotr Dubrov, da Roscosmos, a agência espacial da Rússia. Ao longo da estadia, os astronautas irão trabalhar em pesquisas científicas em áreas diversas, como ciência dos materiais, tecnologias de saúde e ciência vegetal para a preparação a missões futuras além da órbita baixa da Terra, beneficiando também a vida em nosso planeta.

Fonte: NASA, ESA, Phys.org

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.