Assinou o Globoplay pelo BBB? Veja 10 séries imperdíveis para maratonar

Assinou o Globoplay pelo BBB? Veja 10 séries imperdíveis para maratonar

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 17 de Janeiro de 2022 às 19h10
Reprodução/NBC, Globo

O Big Brother Brasil 22 começa nesta segunda-feira (17) e, como é de se esperar, deve movimentar não apenas as redes sociais, mas também o streaming da Globo. Como já virou tradição, o Globoplay deve ganhar uma enxurrada de novos assinantes que querem ficar de olho em tudo o que acontece com os confinados, seja durante as festas na madrugada ou apenas para vê-los almoçar durante a tarde.

Só que quem acompanha o BBB sabe que as coisas não são agitadas 24 horas por dia, o que significa que tem muitos momentos mais parados em que os participantes estão dormindo, fazendo exercícios ou apenas deitados olhando a grama crescer. E é nessas horas que você tem que fazer a sua assinatura valer a pena.

Por sorte, o Globoplay oferece uma boa quantidade de séries para você maratonar entre uma prova do líder e a escolha do anjo. São produções exclusivas do streaming ou mesmo originais, que aproveitam toda a estrutura e o know-how do grupo Globo em contar grandes histórias.

Assim, se você assinou o Globoplay pelo BBB, aproveite para conferir essas séries e descobrir que existe muito mais com o que se divertir além de ver as câmeras focadas nas plantas da edição.

10. Lie With Me

No melhor espírito BBB, Lie With Me é uma daquelas tramas que te fazem não saber em quem confiar (Imagem: Divulgação/Channel Five)

Para começar nossa lista, uma série que incorpora muito bem o clima BBB. Afinal, tem coisa mais parecida com o reality do que a história de uma babá que finge ser quem não é e que conquista a confiança de todos só para apunhalá-los logo depois? Pois Lie With Me é tudo isso e mais um pouco.

A trama gira em torno de um casal que vai em busca de uma vida mais tranquila na Austrália e contrata uma jovem para trabalhar de babá de seus filhos. O problema é que a moça só tem cara de boazinha e começa a tramar contra seus novos empregadores. E é tudo tão cheio de reviravoltas que, em certos momentos, até a gente acaba enganado.

E a boa notícia é que a série é relativamente curta. São apenas quatro episódios, o que faz dela uma ótima opção para quem quer maratonar algo entre uma prova e outra.

9. Doutor Castor

O Globoplay tem uma galeria de peso de documentários nacionais que mostram o quanto o Brasil tem personagens incríveis — e alguns bem controversos. É o caso de Castor de Andrade, o Doutor Castor. Só para você ter uma ideia do tamanho da figura, ele era basicamente o Poderoso Chefão do Rio de Janeiro, comandando o jogo do bicho na cidade e com influência que ia do futebol ao carnaval.

E não de um jeito legal. Apesar de ser quase um estereótipo do carioca — esse misto do malandro carismático —, Castor de Andrade também era muito violento, construiu um império criminoso na cidade e não tinha vergonha de ostentar isso a ponto de se envolver inclusive com a política e a polícia.

8. Killing Eve

Uma das séries mais populares da Globoplay não poderia ficar de fora desta lista. Até porque Killing Eve é uma série perfeita para os amantes tanto de histórias policiais quanto de ação e desenvolvimento de personagem — isso sem falar que traz duas personagens femininas muito fortes e extremamente carismáticas.

Protagonizada por Sandra Oh (Grey’s Anatomy) e Jodie Comer (O Último Duelo), a trama gira em torno de uma espécie de perseguição de gato e rato entre uma agente secreta e uma serial killer. E, à medida que elas passam a se caçar, isso se torna uma obsessão entre elas — e também para o público, que passa a se afeiçoar com cada uma das protagonistas.

7. Passaporte para a Liberdade

O nome de Aracy de Carvalho pode não ser tão conhecido assim pelo brasileiro, mas ela é uma personagem bastante marcante não só para a história do nosso país. Trata-se de uma funcionário do consulado do Brasil na Alemanha em pleno período do regime nazista que foi responsável por salvar diversos judeus.

Além de ser uma trama muito bonita, real e extremamente pesada, ela é muito bem contada em Passaporte para a Liberdade. Produzida com um elenco de peso e com um esmero de causar inveja em superproduções internacionais, é uma ótima minissérie para inspirar e fazê-lo se debulhar em lágrimas.

6. Onde Está Meu Coração

Outra história pesada e 100% brasileira. Protagonizada pela excelente Letícia Colin, Onde Está Meu Coração conta a história de uma médica que sofre com o comportamento autodestrutivo provocado pelo seu vício em drogas. Só que a coisa é ainda mais delicada porque estamos falando do crack, então a série acompanha justamente a decadência da personagem e as transformações que o vício causam nessa jovem de classe média e todas as consequências no casamento, família e trabalho.

O mais interessante disso tudo é que a série foi produzida pelo ator Fábio Assunção — que vive um dos personagens centrais da trama — e que enfrentou todos esses problemas relacionados à dependência química. É uma história poderosa e bastante sensível.

5. Doctor Who

Para os apaixonados por ficção científica, o Globoplay traz um dos maiores ícones do gênero: Doctor Who. A série britânica é um clássico da TV e as primeiras temporadas datam da década de 1960. Contudo, a história ganhou uma repaginada nos anos 2010 e é essa nova fase que o streaming da Globo oferece.

A história gira em torno das aventuras de um alienígena conhecido apenas como Doutor que viaja pelo tempo e espaço a bordo de uma nave na forma de uma cabine de telefone inglesa. E é a partir disso que ele visita mundos bastante excêntricos, momentos da história marcantes e enfrenta diferentes tipos de ameaças.

Mas o que mais chama a atenção em Doctor Who é o carisma de seus protagonistas. Isso porque, dentro da mitologia da série, o herói tem um ciclo de renascimento e, a cara encarnação, assume uma nova aparência e uma personalidade completamente diferente. Assim, é uma delícia conferir essas transformações e sua relação com seus ajudantes enquanto salvam o mundo de estátuas choronas e saleiros gigantes.

4. Sob Pressão

Uma das mais importantes produções recente do Globoplay, Sob Pressão conta a história de uma unidade médica do Rio de Janeiro lidando com casos do dia a dia. É quase como se fosse uma mistura de Grey’s Anatomy e ER: Plantão Médico dentro do contexto brasileiro, o que significa colocar os protagonistas tendo que lidar com estruturas sucateadas, falta de medicamentos, muita politicagem safada e toda a violência que a gente conhece tão bem.

E mais do que trazer essa realidade crua que nos é tão familiar, a série conta com uma dupla de protagonistas que entrega todo o peso que a situação exige. Júlio Andrade e Marjorie Estiano estão incríveis em seus papéis e nos fazem querer proteger os médicos de toda a maluquice brasileira — o que rendeu a Estiano uma indicação ao Emmy Internacional.

3. Law & Order: SVU

Uma das séries mais longevas da TV estadunidense está completa no Globoplay. Law & Order: SVU é um derivado da clássica série de tribunais, mas totalmente focado na divisão policial dedicada a investigar crimes delicados, como abuso sexual e violência doméstica.

São 23 temporadas que exploram uma infinidade de situações, muitas delas inspiradas em casos reais — ou seja, para a alegria dos amantes de séries policiais. Além disso, conta com um elenco muito carismático que consegue, apesar do peso das histórias tratadas, trazer uma leveza muito boa para a trama.

Aliás, são tantos episódios que é bem capaz de chegar o BBB 23 e você ainda não ter terminado de maratonar.

2. O Auto da Compadecida

Muita gente lembra de O Auto da Compadecida como filme, mas ele é apenas uma adaptação da série exibida pela TV Globo em 1999. E por mais que a trama seja a mesma, a minissérie traz toda história na íntegra, mostrando as desventuras de João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello) dividido em contos.

Baseado na obra de Ariano Suassuna, a produção comandada por Guel Arraes é uma das coisas mais belas e divertidas que já foram produzidas por aqui — e que, mesmo 20 anos depois, teima em não ser superada.

1. O Caso Evandro

De todos os lançamentos do Globoplay em 2021, nenhum causou mais barulho do que o documentário O Caso Evandro. Inspirado em um podcast brasileiro, ele conta a história em torno das investigações da morte de uma criança em uma pequena cidade no litoral do Paraná e todas as controvérsias do caso.

Isso porque a história, que já começa muito pesada, escala em uma velocidade impressionante. Quando você menos percebe, há discussão sobre um suposto ritual de magia negra, conspirações políticas e tortura. E o mais impressionante é que esse é um caso que continua reverberando ainda hoje.

Tanto que o trabalho realizado pela série trouxe à tona novas informações sobre o caso e que forçaram a Justiça a retomar essa discussão. No início de janeiro de 2022, motivado pelo documentário, o governo do Paraná pediu desculpas formais a todos os envolvidos pelo modo como as investigações foram conduzidas. É uma história chocante e muito próxima de todos nós — e magistralmente contada.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.