Quem são os Jovens Vingadores e como eles já estão presentes no MCU?

Quem são os Jovens Vingadores e como eles já estão presentes no MCU?

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 21 de Junho de 2021 às 11h31
Reprodução/Marvel Comics

Está todo mundo de olho em quais serão os próximos passos do Marvel Studios para seu universo cinematográfico e as apostas todas giram em torno de viagens no tempo, realidades alternativas e a apresentação definitiva do multiverso. Só que, enquanto esse futuro ainda está se desenhando nos filmes e séries, pouco a pouco, e sem muito alarde, o MCU vem apresentado aquele que pode ser o seu próximo super-grupo: os Jovens Vingadores.

Nos quadrinhos, eles são um time formado por versões mais jovens dos Vingadores que a gente conhece. Isso não quer dizer, porém, um Tony Stark ainda garoto aparecendo para ocupar o vácuo deixado por Robert Downey Jr, mas heróis adolescentes que têm relações com a equipe original ou que foram simplesmente influenciados por eles. É um movimento bastante comum no mundo dos gibis — basta lembrar do Superboy da DC ou mesmo da Supergirl —, mas que se tornou uma parcela importante dentro da Marvel.

Alguns membros dos Jovens Vingadores já começaram a aparecer no MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Por mais bobo que esse conceito possa parecer à primeira vista, o grupo fez bastante sucesso, principalmente entre os leitores mais jovens. Isso despertou o interesse da Marvel na época, que manteve a equipe em evidência para manter esse público e pode ser que ela aposte na mesma estratégia em seu universo de filmes, ainda mais se a ideia é expandir as histórias em novas séries na Disney+. Tanto que alguns de seus membros já deram as caras no MCU, mesmo que você não tenha percebido ainda.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Quem são os Jovens Vingadores?

O super-grupo adolescente surge nos quadrinhos em 2005, pouco tempo depois da saga Vingadores: A Queda, quando a Feiticeira Escarlate tem um surto e praticamente elimina a equipe que a gente conhece. É nesse contexto que um viajante do tempo chega à Mansão dos Vingadores e descobre que o grupo não está mais atuando em conjunto.

Esse viajante é Nathaniel Richards, a versão mais jovem do vilão Kang, o Conquistador, que vem para o passado para fugir justamente do seu eu do mal. E ao descobrir sobre a existência de alguns jovens superpoderosos que possuem algum tipo de ligação com os Vingadores, ele decide reuni-los e formar uma equipe para enfrentar Kang assim que ele chegar àquela época.

(Imagem: Reprodução/Marvel COmics)

É assim que, após se equipar com uma armadura semelhante à de Tony Stark e adotar o nome de Rapaz de Ferro, ele forma os Jovens Vingadores. E o que chama a atenção é que não foram apenas os nomes e poderes que tinham ligação com os heróis originais, mas também as suas origens. A formação original do time era:

  • Wiccano: alter-ego de Billy Kaplan, um jovem que adota um uniforme semelhante ao do Thor após desenvolver habilidades de manipulação elemental e voo. Mais tarde, seus poderes evoluíram para manipular a realidade e controlar energia mística. É revelado que ele é, na verdade, a reencarnação de um dos filhos da Feiticeira Escarlate.
  • Patriota: neto de Isaiah Bradley, o primeiro Capitão América e em quem o exército dos Estados Unidos fez testes do soro do Super-Soldado antes de aplicá-lo em Steve Rogers. Apesar de ter nascido sem poderes, ganhou habilidades sobre-humanas após ter recebido uma transfusão de sangue do avô. Adota um visual semelhante ao do Capitão América, embora não o respeite pelo que aconteceu com sua família.
  • Estatura: Cassie Lange, filha do Homem-Formiga/Gigante Scott Lang. Justamente por isso, acabou herdando a capacidade de alterar o seu tamanho. Descobre seus poderes por acaso, mas decide seguir o legado do pai.
  • Hulkling: um adolescente forte, grande e verde como o Hulk — com a diferença de ter total controle sobre seu temperamento. Mais tarde, descobre-se que ele é filho do Capitão Marvel, ou seja, metade Kree e metade Skrull em uma trama bastante rocambolesca envolvendo as duas civilizações.
  • Gaviã Arqueira: Kate Bishop é uma adolescente normal de família rica que é salva pelos Vingadores e passa a admirá-los, principalmente o Gavião Arqueiro, que é uma pessoa comum em meio a gente super-poderosa. Depois de passar por alguns traumas na sua vida, estuda todas as artes marciais possíveis e ajuda os Jovens Vingadores em uma missão, passando a integrar o grupo.

A partir disso, o grupo passou a atuar regularmente dentro do universo Marvel dos quadrinhos e teve algumas outras formações da sua equipe, principalmente com a chegada dos heróis Célere e Miss America, por exemplo. O time chegou a contar até mesmo com uma versão jovem e boazinha do Loki.

E além do primeiro confronto com Kang, os Jovens Vingadores chegaram a enfrentar outros vilões bastante conhecidos da editora, como o Super-Skrull e Mister Hyde. Durante a saga Guerra Civil, eles ficaram contra o registro de super-heróis e foram presos por isso, sendo resgatados pelo Capitão América e Falcão. Já na fase Reinado Sombrio, quando Norman Orborne se torna o principal nome do universo Marvel, uma versão moralmente questionável do grupo é formada com heróis racistas e psicopatas, que mais tarde passou a se chamar Jovens Mestres.

(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Os Jovens Vingadores e os Jovens Mestres chegaram a se enfrentar e até mesmo se aliaram, mesclando as equipes, ainda que por pouco tempo. Foi nessa fase que a personagem Encantor tentou entrar no time, mas foi expulsa após descobrirem que ela tinha sido criada pelo vilão Loki.

A popularidade de todos esses personagens foi tão grande ao longo de todo esse período que eles chegaram até mesmo a fazer parte de diferentes formações dos Vingadores oficiais em algumas ocasiões. Ainda assim, eles acabam voltando para o time de origem e preferindo ser chamados de Jovens Vingadores na maior parte das histórias.

Eles já estão no MCU

Justamente por tudo isso, era questão de tempo para que a gente visse esses personagens aparecendo nos cinemas e nas séries. E, apesar de não termos nenhum anúncio oficial por parte do Marvel Studios sobre alguma produção no futuro, vários desses heróis já deram as caras no MCU e pode ser apenas questão de tempo para vermos todos eles juntos em tela.

Célere e Wiccano já apareceram em Wandavision (Imagem: Reprodução/Disney+)

As aparições mais óbvias de membros dos Jovens Vingadores até agora foram de Wiccano e Célere, que são ninguém menos do que os gêmeos da Feiticeira Escarlate que aparecem em Wandavision. Os dois personagens repetem os nomes de suas contrapartes das HQs, assim como seus poderes e há até mesmo uma referência visual no episódio de Halloween, quando Billy usa uma fantasia muito próxima à que ele tem enquanto Wiccano.

Nos gibis, os dois adolescentes descobrem que são a reencarnação da alma dos filhos de Wanda, que surta e acha que é mãe de forma bem parecida com a série do Disney+. Assim, não seria estranho imaginar que, depois de pedirem por ajuda na cena pós-créditos de Wandavision, vejamos a trama seguir por esse caminho ao término de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

Além deles, já vimos o Patriota aparecer — ainda que sem destaque — em Falcão e o Soldado Invernal, já que é o herói é mostrado morando com o seu avô quando a dupla de protagonistas vai visitá-los. Além disso, também já conhecemos a heroína Estatura lá atrás, uma vez que ela está nos dois filmes do Homem-Formiga. Além disso, em Vingadores Ultimato, foi revelado que Cassie Lang cresceu nos cinco anos do blip e hoje é uma adolescente — ou seja, pronta para assumir o legado do pai.

Assim, faltariam apenas alguns nomes para fechar a equipe. E a gente já sabe que Kate Bishop vai ser introduzida ao MCU na vindoura série do Gavião Arqueiro, que está sendo gravada e deve estrear ainda em 2021.

Dessa forma, ficariam faltando apenas o Rapaz de Ferro e Hulkling, mas também é bem possível que a Marvel decida não usar a formação original dos Jovens Vingadores no MCU, mas fazer algum tipo de adaptação. Dessa forma, ao invés de trazer dois personagens com passados tão enrolados em outras tramas, seria muito mais simples substitui-los por nomes como Ms. Marvel e Ironheart, que vão ganhar séries próprias no Disney+ em breve e que poderiam muito bem fazer parte desse grupo mais teen — além de serem muito mais populares do que os dois.

E se os rumores de que Loki deve introduzir a personagem Encantor forem confirmados, a gente pode ter tanto uma nova personagem nesse possível grupo quanto uma antagonista, já que ela desempenhou esses dois papéis nos gibis. Ela poderia, inclusive, ser o Loki do time, ou seja, a responsável por unir todo mundo, espelhando os acontecimentos do primeiro Vingadores com essa equipe mais jovem.

De qualquer forma, tudo isso ainda é meramente especulação, uma vez que não há anúncios oficiais sobre a intenção de trazer os Jovens Vingadores para o MCU. No entanto, a gente sabe que a Marvel não costuma apresentar as coisas por acaso em suas histórias e já estamos vendo essas peças se mover pelo tabuleiro, o que significa que pode ser só uma questão de tempo para que esses adolescentes possam debutar no universo cinematográfico.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.