Qual a relação de Morbius com o Homem-Aranha?

Qual a relação de Morbius com o Homem-Aranha?

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 23 de Março de 2022 às 10h30
Divulgação/Sony Pictures

Depois de muitos atrasos, Morbius vai finalmente chegar aos cinemas para dar continuidade ao universo de super-heróis da Sony. Só que esse é um personagem tão desconhecido do grande público que é até natural que muita gente não faça ideia de que ele está conectado ao Homem-Aranha.

O Vampiro Vivo nasceu nos quadrinhos nas páginas de um gibi do herói, sendo apresentado inicialmente como esse vilão mais monstruoso para uma fase um tanto quanto estranha de Peter Parker. Só que, com o tempo, o papel de Morbius dentro das histórias mudou bastante e ele até chegou a ocupar um certo protagonismo quando passou a agir como um anti-herói.

O Vampiro Vivo é tão desconhecido que muita gente nem sabe que ele é vilão do Homem-Aranha (Imagem: Divulgação/Marvel)

E é justamente essa conexão com o Homem-Aranha e essa postura mais dúbia e indefinida entre bem e mal que faz dele alguém interessante e com uma história que pode ser bastante promissora nos cinemas. Afinal, para o público que saiu empolgado com Homem-Aranha: Sem Volta para Casa e Venom: Tempo de Carnificina, a dúvida mesmo é como todos esses personagens se conectam.

Um vilão indeciso

Como dito, Morbius surge em The Amazing Spider-Man #101 com uma origem bem próxima daquela que os trailers do filme apresentaram, ou seja, com o personagem sendo retratado como um bioquímico com uma doença congênita e que mistura seu DNA ao de um morcego para tentar obter uma cura — o que faz com que ele vira uma espécie de homem-morcego, mas não do jeito legal do Batman.

Isso significa que, da mesma forma que ele se recupera da doença, ele passa a se parecer cada vez mais com um morcego, sofrendo uma mutação que deforma seu rosto, ficando extremamente pálido, sensível à luz e ganhando poderes como sentidos ampliados e capacidade de voo. E, é claro, o mais importante: uma sede de sangue incontrolável.

O primeiro encontro de Morbius e Homem-Aranha é bem bizarro (Imagem: Divulgação/Marvel Comics)

E como o Homem-Aranha entra nessa história toda? O encontro entre os dois personagens acontece por acaso quando Morbius chega a Nova York. Ele estava em um navio em que toda a tripulação foi morta por sua sede de sangue e, desesperado, ele se esconde em uma casa abandonada. E é aí que ele acaba dando de cara com um Peter Parker que também estava tendo que lidar com seus próprios poderes.

Nessa época, a mutação do Homem-Aranha saiu de controle e ele estava realmente se transformando em uma aranha-humana, com direito a seis braços. Diante desse encontro incomum, os dois saem no tapa e são interrompidos pela chegada do vilão Lagarto, que caçava Parker naquele momento. Na confusão, o Vampiro Vivo acaba mordendo o reptiliano e foge.

Desde então, o vilão já foi também anti-herói e sempre com essa carga trágica nas histórias (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

E é aqui que as histórias entre eles se conectam de verdade. Isso porque a mordida de Morbius faz com que o Lagarto volte à forma humana, indicando que a mutação vampírica também poderia ter algum componente curativo que poderia ajudar tanto o Lagarto quanto esse Homem-Aranha mutante.

A partir daí, a história se desenrola para essa caçada a um perturbado Morbius na tentativa de usar seu sangue para ajudar quem realmente precisa.

Após essa primeira história, herói e vilão voltaram a se encontrar algumas vezes, mas sempre de forma muito pontual — inclusive em histórias de outros personagens, como o Quarteto Fantástico, X-Men e principalmente Blade.

Morbius e Homem-Aranha nos cinemas

Já em relação aos cinemas, essa conexão entre eles ainda [e uma enorme incógnita. Como a relação do Homem-Aranha com o próprio Aranhaverso da Sony é uma enorme bagunça, não há como fazer qualquer previsão sobre como os dois personagens vão coexistir — se é que isso vai acontecer.

Esse filme está tão confuso que é difícil até dizer em que universo ele se passa (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)

O primeiro ponto é que o Peter Parker de Tom Holland está no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês), ou seja, uma realidade completamente diferente dos filmes da Sony. Isso ficou claro na cena pós-crédito de Venom: Tempo de Carnificina, quando Eddie Brock (Tom Hardy) e o simbionte foram afetados pelo feitiço do Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) e levados para “participar” de Sem Volta para Casa.

E por que isso é importante para Morbius? Porque um dos trailers do filme estrelado por Jared Leto traz uma menção direta a Venom, com ele deixando claro que sabe da existência do simbionte — ou seja, indicando que ambos estão no mesmo universo. Isso sem falar que existe a possibilidade de vermos Eddie Brock encontrando o Vampiro Vivo em algum momento do longa.

Repare que existe um Homem-Aranha do TObey Maguire ao fundo sendo chamado de assassino (Imagem: Reprodução/Sony Pictures)

Por outro lado, vemos menções ao próprio Homem-Aranha aparecendo no material promocional de Morbius. Há uma imagem do herói de Tobey Maguire em uma parede e o vilão Abutre (Michael Keaton) dá as caras em um dos trailers. Isso sem falar que o prédio da Oscorp é destacado em um dos trailers — e já sabemos que a empresa não existe no MCU.

E como tudo isso se conecta? Difícil dizer, já que são pontos tão desconexos que é quase impossível entender qual o planejamento do estúdio. Até mesmo a possibilidade de criar esse Aranhaverso sem o Homem-Aranha tem seus furos quando já vimos várias menções ao herói.

É claro que podemos ser surpreendidos com uma participação de Tom Holland e alguma explicação mirabolante sobre como as realidades se bagunçaram por causa do Doutor Estranho ou mesmo com a revelação de que tanto Morbius quanto Venom estão no mesmo mundo de Tobey Maguire ou Andrew Garfield — e isso só vamos descobrir em 31 de março.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.