Netflix lança plano gratuito para filmes e séries originais

Netflix lança plano gratuito para filmes e séries originais

Por Felipe Demartini | Editado por Jones Oliveira | 21 de Setembro de 2021 às 11h40
Napoleon Schwan/Pixabay

A Netflix encerrou meses e meses de rumores ao anunciar, nesta segunda-feira (20), o lançamento de uma opção de acesso gratuito para usuários do Android. O novo pacote, que ficará disponível nas próximas semanas apenas para usuários do Quênia, marca uma nova opção para o serviço, com acesso liberado a uma quantidade limitada de produções originais.

O comunicado do serviço não cita especificamente as opções disponíveis e quantos conteúdos farão parte desse lançamento diferenciado. Por outro lado, nomes de sucesso como Bridgerton, Blood & Water e Army of the Dead são citados nominalmente, assim como Lupin, La Casa de Papel e Russian Doll aparecem em materiais promocionais, indicando que estarão entre as opções disponíveis neste plano gratuito.

A ideia da Netflix é clara: expandir o acesso ao serviço e permitir que mais gente possa usufruir de suas produções originais. Basta um e-mail e uma senha para utilizar a opção gratuita, que não pede informações de pagamento e dará acesso direto aos conteúdos — outros recursos como controle parental, perfis e recomendações, comuns a todos os pacotes, também fazem parte da opção.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Acesso a opção gratuita da Netflix, exclusiva do Quênia, exige apenas e-mail e senha para assistir a uma seleção de conteúdos originais da plataforma (Imagem: Divulgação/Netflix)

Quem gostar poderá facilmente aderir a um dos planos pagos, ganhando acesso a todo o acervo da plataforma e outras opções, como maior qualidade e mais telas. Nesse sentido, a Netflix também não revelou exatamente quais são as características dessa opção gratuita, em termos de total de usuários simultâneos ou resolução, indicando apenas a exclusividade ao sistema operacional Android e a já citada seleção de títulos como as principais características.

O Quênia é o primeiro país a receber a opção grátis da Netflix, um rumor antigo que indicava a adoção, pela plataforma de streaming, de um sistema parecido ao do Spotify. Entre boatos sobre a exibição de anúncios ou uma limitação quanto ao número de conteúdos que poderiam ser assistidos por mês, de forma semelhante a um teste gratuito, a empresa parece ter optado por uma alternativa mais direta, liberando um gostinho de suas opções na expectativa de aumentar a base de assinantes.

A ideia é que os novos usuários, ao experimentarem, sentirão vontade de fazer o upgrade do plano para assistir às séries e filmes na televisão ou dividir o conteúdo com familiares. A estratégia de crescimento da Netflix envolve o lançamento de opções mais baratas e dedicadas a territórios considerados emergentes pela companhia, mas, por enquanto, não há informações sobre a chegada de um pacote gratuito ao Brasil ou qualquer outro país.

Fonte: Netflix

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.