Homem-Aranha ganhará mais três filmes no MCU

Homem-Aranha ganhará mais três filmes no MCU

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 29 de Novembro de 2021 às 13h46
Sony Pictures

O mistério sobre o futuro do Homem-Aranha chegou ao fim e a Sony confirmou que não apenas Tom Holland voltará para o papel do herói como a parceria com o Marvel Studios vai continuar mesmo depois de Sem Volta para Casa. De acordo com a produtora Amy Pascal, a fórmula de sucesso que vimos até aqui vai continuar e que a ideia é fazer mais três filmes do Amigão da Vizinhança.

Em entrevista ao Fandango, a executiva colocou um fim ao mistério que tirou o sono de muita gente — incluindo parte do elenco. “Este não será o último filme que faremos com a Marvel e não é o último Homem-Aranha”, afirmou categórica. “Estamos prontos para fazer o próximo filme com Tom Holland e a Marvel. Nós pensamos essa história inicialmente como três longas e agora queremos mais três”.

Homem-Aranha não vai voltar mesmo para casa e vai continuar brincando no parquinho da Marvel (Imagem: Divulgação/Sony Pictures)

E há vários pontos importantes dessa declaração. A principal delas é que o Homem-Aranha vai continuar atrelado ao Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). Essa era uma dúvida que pairou sobre toda a produção, já que nem mesmo os atores sabiam se o herói iria continuar a conviver no mesmo universo que os Vingadores ou se o multiverso seria usado justamente para tirá-lo desse mundo.

Uma das teorias que surgiu, inclusive, apontava que o feitiço do Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) faria com que todos esquecessem a identidade secreta do herói, incluindo seus aliados. Com isso, ele poderia ser levado para um canto do multiverso — mais especificamente o da Sony — e viveria lá em aventuras autocontidas. Contudo, agora a gente sabe que isso não vai mais ser necessário e que Peter Parker vai poder lutar ao lado de seus companheiros na nova trilogia.

Outros universos

Ao mesmo tempo, Pascal deixa claro que o fato de o Homem-Aranha estar no MCU não significa que filmes como Venom e o vindouro Morbius se passarão na mesma realidade. Segundo ela, a ideia é explorar justamente essa capilaridade que o multiverso oferece para ter mais liberdade na hora de trabalhar com esses personagens.

Segundo ela, a lógica do estúdio é que existe o Universo Marvel, o Aranhaverso da animação e um terceiro universo no qual as demais produções da Sony estão ambientadas. Assim, embora Venom: Tempo de Carnificina tenha apresentado uma cena pós-crédito em que o simbionte encara o Peter Parker de Tom Holland, é muito provável que isso seja usado apenas como reflexo dessa bagunça do multiverso do que uma unificação como muita gente especulou.

Fonte: Fandango

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.