Após Scarlett Johansson, Emma Stone pensa em processar Disney por Cruella

Após Scarlett Johansson, Emma Stone pensa em processar Disney por Cruella

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 30 de Julho de 2021 às 22h45
Disney

Após Scarlett Johansson entrar com uma ação contra a Disney pelo lançamento simultâneo de Viúva Negra no cinema e no streaming, parece que Emma Stone pode fazer o mesmo por Cruella. A informação é do ex-editor do The Hollywood Reporter, Matt Belloni, que publica a Newsletter informativa What I'm Hearing.

No boletim, ele relata que a atriz que deu vida à prequela de 101 Dálmatas está "avaliando suas opções". De acordo com o jornalista, outra estrela que também deve se juntar a Stone e Johansson é Emily Blunt pelo recém-lançado Jungle Cruise, que chegou ao Premier Access nesta sexta (30) e aos cinemas na quinta-feira (29).

(Imagem: Divulgação / Walt Disney Studios)

Cruella foi um verdadeiro sucesso no streaming e não decepcionou nas telonas. O longa-metragem ultrapassou a marca de US$ 200 milhões em bilheterias globais no início de julho elogo no fim do mês, foi disponibilizado para todos os assinantes do Disney+ sem taxas extras. Na crítica especializada, o filme de Craig Gillespie atingiu uma aprovação de 74% no Rotten Tomatoes baseado em mais de 300 publicações.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo o Samba TV, a Disney faturou US$ 20,57 milhões de dólares com a estreia do filme apenas no Premier Access no início de junho, mas a companhia não chegou a confirmar esses dados.

O movimento, no entanto, é apenas uma consequência da atitude de Scarlett Johansson diante do lançamento híbrido de Viúva Negra. Após quatro adiamentos, o filme solo de Natasha Romanoff não viu outra alternativa a não ser chegar ao público tanto nos cinemas quanto no streaming.

(Imagem: Divulgação / Walt Disney Studios)

De acordo com a Newsletter de Belloni, Kevin Feige está "supostamente furioso e chateado" com o jeito que a Disney lidou com o lançamento do filme. "[Feige] é um empresário e não está sujeito a confrontos corporativos ou gritos de guerra. Mas ouvi dizer que ele está com raiva e envergonhado”, escreveu o jornalista.

Vale lembrar que Cruella já tem uma sequência em desenvolvimento, conforme noticiado poucos dias após o lançamento do filme. Tanto Emma Stone quanto o diretor Craig Gillespie estão confirmados no segundo longa, mas não há uma previsão para o início das filmagens.

Cruella já está disponível e sem taxas extras no Disney+.

Fonte: CBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.