Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como Elon Musk influenciou a história Godzilla e Kong: O Novo Império

Por| Editado por Durval Ramos | 01 de Abril de 2024 às 14h30

Link copiado!

Divulgação/Warner Bros.
Divulgação/Warner Bros.

Tanto quanto a batalha entre monstros gigantes e a destruição do Rio de Janeiro, Godzilla e Kong: O Novo Império se propõe a contar a história de origem dos Titãs. Entre lendas e ciência, o novo filme do MonsterVerso se debruça sobre a história do macacão, enquanto ele busca seus semelhantes na recém-descoberta Terra Oca.

O local constantemente citado por teóricos da conspiração é real na série de filmes, com o mais recente, dirigido por Adam Wingard (Death Note), tendo boa parte de seu enredo passado lá. É uma continuação direta do que foi apresentado em produtos anteriores, principalmente Godzilla Vs. Kong, de 2021, e a série Monarch: Legado de Monstros, mas também uma conexão direta com a cultura da internet.

Continua após a publicidade

É justamente aí que entra a figura de Elon Musk, que disse na rede social X (ex-Twitter) ter gostado muito do que viu no filme que botou os monstrengos para brigar. Um comentário de seus seguidores sobre um suposto furo de roteiro, ainda, levou a uma cena especial logo no começo de O Novo Império.

Musk gostou de Godzilla Vs. Kong

Os comentários elogiosos de Musk ao primeiro filme vieram no dia 5 de abril de 2021. Era o segundo final de semana de Godzilla Vs. Kong nas telas mundiais, um período em que o interesse por qualquer estreia começa a derreter diante de outras estreias subsequentes. Só que dois tweets trouxeram o filme de volta à pauta, para alegria da distribuidora Warner Bros. e da marca IMAX

As publicações foram feitas por ninguém menos do que o bilionário Elon Musk, que não só elogiou a pancadaria entre os monstrões como fez alguns acenos com o discurso maluco com que o longa brinca. 

Na primeira delas, mais séria, Musk diz ter gostado muito do longa, falando dele como “o filme mais insano que já viu”. Acima disso, ele cita Godzilla Vs. Kong como uma “carta de amor aos teóricos da conspiração”, mas com uma mensagem bonita no final.

Continua após a publicidade

Mais tarde, no mesmo dia, ele assumiu um tom de piada, afirmando que “A Terra não é plana, é um globo oco e Donkey Kong mora lá”. Mais uma vez um aceno aos teóricos da conspiração e uma referência direta à Terra Oca, para onde o macacão é realocado após seu confronto direto com o Rei dos Monstros em Godzilla Vs. Kong.

Surgiram então, os comentários sobre o suposto furo no roteiro, atendidos pelo diretor em uma recente entrevista ao site Collider. Falando sobre o lançamento recente, ele se mostrou contente com a fala de Musk e disse ter incluído uma resposta a ele logo nos primeiros minutos de O Novo Império.

A grande questão está relacionada à fonte de luz da Terra Oca, que como aprendemos no MonsterVerso, fica abaixo dos nossos pés — mas ainda assim parece iluminada pelo Sol. Segundo Wingard, a solução para esse dilema aparece na primeira cena de Godzilla e Kong, e ele espera ver o bilionário contente novamente com o longa.

Continua após a publicidade

Godzilla e Kong: O Novo Império está em cartaz nos cinemas brasileiros. Não se sabe se Elon Musk já foi assistir ao filme, já que ele ainda não publicou sobre o assunto na rede social X.

Fonte: Collider