Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Barbenheimer vai virar filme e ele é tão absurdo quanto parece

Por| 07 de Novembro de 2023 às 16h16

Link copiado!

Reprodução/Warner Bros, Universal Pictures
Reprodução/Warner Bros, Universal Pictures

Até que demorou, mas alguém vai realmente aproveitar o fenômeno que tomou conta de 2023 e fazer um único filme brincando com a junção dos universos de Barbie e Oppenheimer. A produtora independnete Full Moon Features, conhecida por seus filmes trashes, anunciou que vai fazer Barbenheimer, um longa de baixo orçamento e com uma trama mais do que absurda que pega carona no sucesso dos dois títulos e na popularidade dos memes em torno dessa improvável rivalidade.

O projeto foi apresentado durante o American Film Market, um evento dedicado ao mercado cinematográfico americano que aconteceu nos EUA na última semana. Foi lá que o produtor Charles Band apresentou sua proposta para atrair investidores e conseguir viabilizar a produção.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, ele explica que a ideia é fazer o filme com o menor custo possível. A estimativa é que Barbenheimer custe menos de US$ 1 milhão para ser feito, valor considerado quase insignificante dentro das cifras multimilionárias de Hollywood. Apenas para efeito de comparação, Oppenheimer teve um orçamento de US$ 100 milhões para sair do papel, enquanto Barbie custou US$ 145 milhões.

Qual a história de Barbenheimer?

Ainda ao THR, o produtor de Barbenheimer detalhou o conceito básico de seu filme, descrevendo-o como uma comédia sombria que satiriza os dois filmes que foram fenômenos de bilheteria em 2023. E se a ideia já parece bizarra, o roteiro se mostra ainda mais absurdo.

A trama acompanha a boneca cientista Dr. Bambi J. Barbenheimer, que vive na terra de Dolltopia, um lugar sempre banhado pelo sol e que todos os dias são de praia e diversão. Só que esse ambiente quase paradisíaco não impede que a protagonista pense nos horrores que as crianças humanas fazem com as bonecas como um todo — por isso, desenvolve uma bomba nuclear para lidar com essa ameaça.

Continua após a publicidade

Mesmo ignorando o fato de que as vilãs da história são crianças, tudo em Barbenheimer parece mesmo um absurdo maior que o anterior. E o próprio Charles Band destaca que a ideia é mesmo ser algo bobo. Segundo ele, 2024 precisa de um pouco de humor.

Band revela que o roteiro do longa já está pronto e que até mesmo algumas músicas já foram escritas. As canções foram produzidas por Brian Wecht, que tem em seu currículo filmes como a comédia musical Ninja Sex Party. A expectativa é que as gravações da paródia de Barbie e Oppenheimer comecem já no ano que vem.

Sem vergonha de ser oportunista

Continua após a publicidade

Questionado pelo The Hollywood Reporter sobre Barbenheimer ser um filme oportunista que tenta surfar no sucesso do fenômeno envolvendo os filmes da Warner Bros e da Universal, Charles Band não vê problemas em concordar com a afirmação. Segundo ele, a paródia é 100% isso e não há do que se envergonhar.

“É também uma oportunidade de rir da bizarra combinação desses filmes”, diz o produtor. “Você tem a vibe de Barbie e o tom sombrio de Oppenheimer. Se você mistura, tem a chance de fazer um humor dark”.

E não há como negar que a iniciativa, por mais absurda que seja, chama a atenção — tanto que estamos noticiando um projeto de baixíssimo orçamento aqui pelo simples fato de ser pitoresco. A maior prova disso é que nenhum dos outros quase 400 filmes produzidos por Band tiveram a repercussão que o vindouro Barbenheimer alcançou. Assim, parece que ele já teve o sucesso que almejava.