Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Eclipse solar afeta a saúde? Veja mitos e verdades

Por| 08 de Abril de 2024 às 17h31

Link copiado!

Ian Parker/Unsplash
Ian Parker/Unsplash

O eclipse solar total é um assunto que fascina muita gente, e é claro que não poderia deixar de pipocar na internet uma série de dúvidas, teorias e até mesmo mitos sobre os impactos de um eclipse sobre a saúde das pessoas. Afinal, a radiação em um dia de eclipse é diferente? Altera alguma coisa no nosso organismo? Vamos tirar as dúvidas!

Cientificamente falando, a radiação em dia de eclipse solar realmente não é a mesma dos outros dias. Pelo fato de o Sol estar encoberto pela Lua, existe uma pequena queda na quantidade de radiação emitida pela nossa estrela, o que, de fato, altera algumas rotinas aqui na Terra — gerando, por exemplo, prejuízos à comunicação por rádio.

Com tanta gente questionando fatos relacionados ao eclipse e ao impacto em nossas vidas (e até em nossa saúde), a NASA publicou uma página inteiramente dedicada a derrubar mitos e esclarecer verdades sobre o fenômeno celeste. Confira!

Continua após a publicidade

Eclipses produzem raios que causam cegueira

Você certamente já ouviu falar que não se deve olhar para um eclipse solar diretamente, isto é, sem nenhuma proteção para os olhos. Isso é um fato, já que nossa retina pode ser danificada se ficarmos olhando diretamente para o sol. Mas não é o eclipse que pode causar cegueira, e sim o Sol.

Acontece que não podemos simplesmente "encarar o sol" sem proteção, em qualquer dia do ano, com ou sem eclipse. Afinal, é a radiação dos raios solares que pode danificar os olhos e causar deslocamento de retina.

Já em dias de eclipse solar, como o que será visível no hemisfério norte, as pessoas até podem olhar: desde que seja no momento em que o sol estiver coberto em sua totalidade. O problema é quando ele ainda aparece, mesmo que parcialmente, já que luz infravermelha dos raios solares é suficiente para causar desconforto e danificar a visão.

Nós já demos dicas de como observar um eclipse solar com segurança, a fim de proteger os olhos. Dentre elas, está o uso de óculos especiais para eclipses, filtros de poliéster ou de polímero preto.

Grávidas e bebês são afetados pelo eclipse

Este é um mito, e de acordo com a NASA, não impossibilita que mulheres grávidas estejam a salvo ou assistam ao eclipse com proteção. O eclipse, por si, não vai prejudicar o bebê e nem a mãe.

Continua após a publicidade

Para a agência espacial, todos nós já vivemos "mergulhados em neutrinos", isto é, dia após dia somos atingidos pelas partículas produzidas pela fusão nuclear do Sol. "A cada segundo, seu corpo é atingido por trilhões destas partículas, não importa se o Sol está acima ou abaixo do horizonte", esclarece a agência.

Em relação às gestantes, tais neutrinos não afetam em nada sua saúde ou a do feto. "Este é um efeito totalmente inofensivo e não prejudicaria a gestante e nem o feto em desenvolvimento", conclui. 

Eclipse causa intoxicação alimentar

Imagine o seguinte cenário: e se, em pleno dia de eclipse solar, você resolve comer uma saladinha e, poucas horas depois, passa mal? Bom, a culpa certamente não é do eclipse: intoxicação alimentar é algo comum e acontece todos os dias, havendo eclipse ou não.

Continua após a publicidade

"A simples ideia de que eclipses solares totais são assustadores, devido às suas coroas esverdeadas, torna inevitável que muita gente invente histórias aterrorizantes sobre o disco solar e procurem coincidências entre os eventos que acontecem por aí", explica a NASA. Ou seja: o dia "virar noite" por alguns instantes não impacta sua digestão, nem te intoxica. O motivo disso é a velha falta de cuidado com a comida, que pode estar estragada ou contaminada, mesmo.

Eclipses são um prenúncio para mudança de vida

Mito! Vamos deixar o misticismo de lado e focar apenas na ciência? Pensar que um astro ou algum evento celeste vai trazer surpresas nas nossas vidas é uma ideia que só faz sentido se você acreditar em pseudociências, ou se basear crenças não comprovadas sobre estrelas e planetas controlarem o comportamento humano.

Continua após a publicidade

Quando acontece um eclipse, solar ou lunar, ele não vai alterar sua vida nem a de seus amigos. Se algo assim acontecer, o mérito é do acaso ou da coincidência. "Não há nada além da psicologia humana que conecte eclipses com o que vai acontecer na sua vida", pontua a NASA.

Eclipses no dia do seu aniversário prejudicam sua saúde

Outro grande absurdo é acreditar que o eclipse solar total seis meses antes ou no dia do seu aniversário vai prejudicar sua saúde de alguma forma. Essa é uma crença comum entre astrólogos, mas só é apoiada pelo viés de confirmação. Não existe nenhuma relação física entre uma coisa e outra.

É como acreditar que a Lua nova, por ser "nova", vai te trazer novidades. Se você analisar uma amostragem aleatória de pessoas, pode até encontrar tais correlações meramente como coincidência, mas elas são superadas em número por todas as outras ocasiões em que você estava muitíssimo bem de saúde. Ou seja: mais um mito derrubado pela ciência.

Continua após a publicidade

Fonte: NASA