Tecnologias que você usa e foram descobertas pela Exploração Espacial

Por Victoria Thibes | 15 de Junho de 2014 às 17h30

Uma pergunta recorrente quando se fala no Espaço e em programas espaciais é se vale a pena. Vale a pena investir milhões todos os anos para manter e mandar pessoas para a ISS (Estação Espacial Internacional)? Vale a pena gastar bilhões para mandar um robô a Marte? Vale a pena investir em uma missão tripulada até Marte?

Do ponto de vista tecnológico, sim.

Todos os anos, a NASA e outras agências espaciais fazem grandes descobertas científicas e desenvolvem tecnologias inovadoras que, depois, acabam indo parar nas mãos do grande público. De fato, quando a agência foi criada, a condição para que recebesse investimento era de que ela desse resultados para o cidadão comum.

Abaixo, damos alguns exemplos de como a exploração do Espaço influenciou as pessoas da Terra.

1- Termômetros auriculares

Quem tem filhos deve saber melhor do que estamos falando aqui. Termômetros auriculares são utilizados por pais e mães todos os dias em seus bebês. Inseridos no ouvido, eles medem a temperatura em segundos. Rápido, eficiente e prático.

A tecnologia infravermelha que o torna possível, incrivelmente, veio de pesquisas de cientistas que queriam medir a radiação emitida por estrelas e planetas. Ela foi desenvolvida pela Diatek Corporation a pedido da NASA, a agência espacial americana.

2- Comida de bebê

Papinhas de bebê já existiam antes da exploração espacial, mas sofreram uma grande melhoria por conta dela. No início dos anos 1980, a NASA estava pesquisando o uso de micro-algas como fonte de comida, oxigênio e catalisador de disposição de lixo em longas missões interplanetárias. Os cientistas que trabalhavam no projeto acabaram descobrindo que essas algas produziam altas doses de DHA e ARA, ambas gorduras essenciais para o desenvolvimento do bebê. Hoje, essas mesmas algas são colocadas em papinhas enriquecidas.

3- Grooving em pistas de aeroporto

grooving

Você lembra do acidente aéreo em Congonhas, em 2007, quando um avião saiu da pista e bateu em um prédio do outro lado da avenida? Um grande assunto abordado na época foi a falta de grooving na pista do aeroporto na capital paulista.

Grooving são pequenas ranhuras na pista que impedem o acúmulo de água e facilitam o pouso do avião, dando mais aderência aos pneus. E essa é mais uma tecnologia criada pela NASA. Nos anos 1960, a agência estava pesquisando maneiras de diminuir a chance de acidentes por conta da chuva nos pousos de seus ônibus espaciais. Em um projeto junto à Administração Federal de Aviação dos EUA, criou-se o grooving, tecnologia hoje utilizada em aeroportos de todo o mundo.

4- Lentes de óculos resistentes a arranhões

Você sabia que no espaço voam milhões de pedrinhas que atingem astronautas e a Estação Espacial Internacional o tempo todo? Para proteger equipamento e, principalmente, os visores dos trajes espaciais, a NASA criou um plástico que não sofre arranhões com facilidade. O resultado? Lentes para óculos.

5- Aparelhos dentários transparentes

Quando você põe um aparelho dentário, tem duas opções: aqueles feitos de metal, brilhantes e chamativos, ou, ligeiramente mais caros, os transparentes e discretos.

Aparelhos dentários transparentes são feitos de Alumina Policristalina Translúcida (TPA, em inglês), material criado para proteger antenas infravermelhas no Espaço. No final dos anos 1980, uma empresa estava desenvolvendo novos aparelhos que fossem esteticamente mais bonitos que os clássicos metálicos. No fim, ela descobriu que a TPA é resistente o suficiente para o trabalho e é transparente. Em 1987, o produto entrou no mercado e se tornou um hit instantâneo.

6- Espuma viscoelástica

Aplicada a colchões, assentos de aviões e capacetes, a espuma viscoelástica é um material que, após ser comprimido ou deformado de qualquer forma, volta ao seu estado original. Além disso, ela é sensível à temperatura, se tornando mais mole no calor e mais dura no frio.

A princípio, a espuma viscoléstica foi pensada para ser utilizada nos assentos de ônibus espaciais a fim de minimizar o choque durante o pouso. Ainda hoje ela está presente em assentos de aviões, mas também é utilizada em capacetes esportivos, colchões e travesseiros ortopédicos.

7- GPS

Os milhões de satélites que hoje orbitam a Terra são obviamente um advento da exploração espacial. Nós os utilizamos em várias formas de comunicação, como TV e internet, e também para a navegação civil e militar.

O Global Positioning System (GPS) foi comissionado em 1973 pelo exército americano a fim de criar uma tecnologia baseada no espaço capaz de mapear com precisão todo o planeta e que pudesse ser utilizada para navegação. Criado para fins militares, o GPS acabou sendo utilizado para todo tipo de tarefa, desde missões de resgate no mar até levar você para aquela festa de aniversário em uma rua da qual você nunca ouviu falar.

No total, são 24 satélites e mais de 120 mil sistemas de recepção utilizados para guiar usuários no mundo todo. O projeto inteiro é administrado pelo NAVSTAR GPS Joint Program Office, em Los Angeles, Estados Unidos.

8- Estruturas com cobertura de tecido

estádio

Você sabe que tipo de material é utilizado na cobertura de estádios? Tecnologia espacial. No final dos anos 1960, a NASA fazia pesquisas a fim de desenvolver um tipo de tecido que fosse leve, não inflamável e capaz de proteger os astronautas de todos os perigos do Espaço. O resultado foi tão positivo que uma empresa, a ChemFab, pensou que poderia utilizar esse material de forma comercial.

Hoje, coberturas de tecido são utilizados em muitos shoppings ao ar livre, estádios esportivos e até mesmo em aeroportos. No Brasil, diversos estádios de futebol utilizam essa tecnologia.

9- Aspirador de pó portátil e sem fio

aspirador de pó portátil

O aspirador de pó portátil e sem fio foi comissionado pela NASA para que fossem coletados pequenos materiais na superfície lunar. O aparelho foi lançado pela primeira vez pela Black & Decker e se tornou um sucesso comercial.

Essas são apenas algumas das principais tecnologias desenvolvidas durante a corrida espacial, e as mais comuns no dia a dia. Outras descobertas importantes são utilizadas hoje na medicina, na indústria, entre outros. Muitas partes dos equipamentos de bombeiros, por exemplo, vêm do traje espacial.

Pelo fato de o Espaço ser um lugar tão inóspito e as viagens serem tão longas, as agências têm que ser muito criativas nas formas de manter seus astronautas seguros e saudáveis enquanto estão longe da Terra. Além disso, grandes inovações vêm da necessidade de comunicar cada vez mais dados a distâncias inimagináveis – a foto mais distante do planeta Terra foi retirada de um satélite enquanto ele saía do Sistema Solar!

Então, se você duvida que missões tripuladas no Espaço são úteis para alguma coisa, olhe ao seu redor e tente pensar em tudo o que essas viagens proporcionaram a você em seu cotidiano. Valeu a pena.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.