Volkswagen volta a paralisar produção no Brasil por falta de semicondutores

Volkswagen volta a paralisar produção no Brasil por falta de semicondutores

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 15 de Junho de 2021 às 11h33
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A escassez de semicondutores volta a assombrar as montadoras brasileiras e os efeitos colaterais começam a aparecer novamente. A Volkswagen, pela segunda vez em 2021, vai paralisar a fabricação de automóveis no Brasil, mas, desta vez, em três fábricas. As plantas de São Bernardo do Campo/SP, São Carlos/SP e de São José dos Pinhais/PR ficarão 10 dias paradas até que a situação se regularize. Caso contrário, o período pode ser estendido.

Segundo informações do Motor1 Brasil, com essa interrupção nos trabalhos, serão afetados os modelos Polo, Virtus, Nivus e Saveiro, feitos em São Bernardo do Campo; e Fox e T-Cross, produzidos em São José dos Pinhais. A planta de São Carlos, por sua vez, é responsável pelos motores desses modelos e não fará mais os propulsores até segunda ordem.

A fábrica restante da Volkswagen, a de Taubaté/SP, retomou sua produção depois de 10 dias parada por conta do mesmo problema. Por lá são feitos dois dos modelos mais populares da marca: Gol e Voyage. Essa planta, aliás, receberá mais investimentos da montadora para a modernização dos carros.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

A falta de semicondutores afeta a indústria automotiva brasileira com muita força. No momento, a empresa mais prejudicada com essa situação é a General Motors, que interrompeu há bastante tempo a produção do Onix, Onix Plus e Tracker. O resultado disso foi a perda da liderança geral para a Fiat, que hoje lidera o mercado nacional com folga graças às ótimas vendas de Argo, Mobi e Toro — isso sem falar no Compass e Renegade.

Fonte: Motor1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.