Publicidade

Kia Niro | 5 motivos para comprar e 2 para ficar longe do SUV

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Janeiro de 2024 às 10h30

Link copiado!

Felipe Ribeiro/Canaltech
Felipe Ribeiro/Canaltech

Lançado no final de 2022, o Kia Niro faz parte de uma nova leva de carros da montadora sul-coreana no Brasil. O SUV de porte médio/compacto, além de representar um salto em termos de qualidade e design, vem com motorização híbrida, assim como seu irmão Kia Sportage, também lançado com propulsor eletrificado.

Comercializado em três versões, o Niro vem para disputar mercado com modelos como o Toyota Corolla Cross, GWM Haval H6 HEV e até mesmo o BYD Song Plus, já que possui preço e tamanho parecidos com desses carros.

Canaltech passou um tempo com o SUV híbrido da Kia e vai te contar os motivos para comprar e ficar longe do Kia Niro.

Continua após a publicidade

5 motivos para comprar o Kia Niro

Veja abaixo os principais motivos para comprar o Kia Niro.

5. Design

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Em um mercado em que os carros estão cada vez mais parecidos, é bem legal ver quando uma montadora tradicional como a Kia inova na aparência de seus modelos, como é o caso do Niro. A peça superior do para-choques te induz a acreditar que se trata de uma DRL, mas todo o conjunto óptico está posicionado nas laterais, de maneira bem estilosa e diferente.

Já na traseira, o desenho escolhido pelos coreanos para esse SUV remete mais a um hatch do que propriamente a um utilitário. As rodas de 17 polegadas, por sua vez, têm acabamento diamantado e casam bem com o resto do veículo.

4. Acabamento

Continua após a publicidade

A investida da Kia em novos carros traz, também, uma nova estratégia de posicionamento no Brasil. A montadora, que pertence à Hyundai, tenta atrair um público mais refinado, e isso fica escancarado com o acabamento do SUV médio/compacto, um dos melhores do segmento.

O painel frontal tem algumas texturas diferentes, mas a maior parte é revestida com um bom soft touch, além de uma pela retroiluminada em LED que dá um ar "gamer" à cabine. Bancos e portas também receberam couro e soft touch, na medida certa para não ser extravagante. 

3. Suspensão

Continua após a publicidade

Se não brilha no desempenho, o Kia Niro esbanja conforto de rodagem com seu ótimo acerto de suspensão, bem pensado para o Brasil. Por mais que não seja molenga, o Niro consegue absorver bem as imperfeições do nosso asfalto castigado com maestria, além de proporcionar curvas seguras e sem tanta rolagem da carroceria, comportamento bem parecido com o de um hatch médio.

Vale lembrar que, ao contrário do que alguns concorrentes, o Niro tem suspensão independente nas quatro rodas, com sistema multilink na traseira. 

2. ADAS completo

Continua após a publicidade

O Kia Niro não deve em nada quando o assunto segurança e tecnologia. O SUV médio/compacto vem com o sistema ADAS completo, composto por piloto automático adaptativo, alerta de ponto cego, alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, alerta de colisão traseira, alerta de saída de vaga, alerta de saída de segurança da porta dianteira, comutação automática do farol alto, assistente de permanência em faixa e assistente de centralização em faixa.

1. Consumo

O uso com o Kia Niro foi estritamente em ambiente urbano, com deslocamentos corriqueiros. Nesse cenário, o consumo, sempre com gasolina, foi excelente. O sistema híbrido convencional do Niro proporcionou médias de 18,7 km/l ao final da semana de experimentos com o carro, mais ou menos o que se esperava dele.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que o SUV tem o mesmo powertrain do Hyundai Ioniq, composto por um motor 1.6 aspirado e outro elétrico que, juntos, entregam 141cv e 27 kgf/m de torque, sempre com um câmbio automatizado de dupla embreagem com seis velocidades.

2 motivos para ficar longe do Kia Niro

Veja abaixo o que não nos agradou tanto no Kia Niro e que pode fazer com que você repense a compra do SUV.

Continua após a publicidade

2. Não é flex

O consumo do Kia Niro é idêntico ao do Corolla Cross, mas o motor do SUV coreano é movido apenas a gasolina, enquanto do japonês possui tecnologia flex, podendo receber, também, o etanol. Com um produto tão interessante em mãos, talvez fosse o caso de a Hyundai/Kia pensar nesse tipo de propulsor no futuro. 

1. Desempenho

Continua após a publicidade

Os dados oficiais do Kia Niro indicam que ele é capaz de fazer um 0 a 100 km/h em 10,8s. Levando em conta que estamos falando de um SUV de 1.394kg, os números não são tão ruins, mas esperava-se mais, principalmente pelos dados do conjunto mecânico.

O Niro não é um carro lerdo, é verdade, mas poderia entregar um pouco mais de vigor, sobretudo em subidas e situações de ultrapassagem nas vias expressas. A proposta do veículo não é a de ser esportivo, fato, mas um pouco mais de "emoção" não faria mal.