Review Hyundai HB20X | Tecnologia o coloca à frente de Stepway e Argo Trekking

Review Hyundai HB20X | Tecnologia o coloca à frente de Stepway e Argo Trekking

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 11 de Julho de 2021 às 09h00
Felipe Ribeiro/ Canaltech

Lançado no final de 2019, a nova geração do Hyundai HB20 subiu de patamar ao trazer um excelente motor 1.0 turbo para as versões mais caras e itens tecnológicos que tornaram a vida dos proprietários mais segura e eficiente dentro da cabine. A montadora sul-coreana precisava melhorar seu principal produto no mercado brasileiro e conseguiu isso com muito investimento.

Todas essas melhorias foram transportadas para a versão aventureira do compacto, o HB20X. Exceto pelo motor turbo, que ainda não está disponível nessa variante, todo o pacote de segurança e tecnologia presente nas versões topo de gama do HB20 podem ser usufruídas nesse modelo, com o aditivo de que ele possui outra dinâmica de direção, tal qual seus concorrentes mais diretos, o Renault Stepway e o Fiat Argo Trekking.

O Canaltech teve a oportunidade de experimentar o Hyundai HB20X em sua versão topo de linha, a Diamond Plus. Vamos falar sobre ele em detalhes no review de hoje.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Prós e Contras Hyundai HB20X

Prós

  • Versão aventureira tem design mais bem resolvido;
  • Frenagem automática de emergência e alerta de permanência em faixa;
  • Motor competente para uso urbano;
  • Suspensão ajuda no uso urbano;
  • Acabamento.

Contras

  • Espaço interno menor do que concorrentes;
  • Consumo poderia ser melhor;
  • Ausência do motor turbo.

Conectividade e segurança

Um dos pontos fracos da geração passada do HB20 era a segurança, mas a Hyundai resolveu esse problema investindo em estrutura física e tecnologia. No caso do HB20X, ele contém um ótimo conjunto de auxílio para o motorista, geralmente visto em carros de categoria superior, como o alerta de colisão frontal, a frenagem automática de emergência e o aviso de saída de faixa — itens exclusivos na categoria até a chegada do Peugeot 208.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O curioso é que o funcionamento desses dispositivos acontece de maneira muito precisa e antecipada, diferente do que vimos em modelos como o Volkswagen Nivus e o Toyota Corolla, por exemplo. Por ser um carro menor, talvez a calibragem adotada pela Hyundai tenha sido mais adequada e sensível, de modo que, em algumas oportunidades, mesmo com atenção total na estrada, tivemos a "invasão" do sistema. Segundo a Hyundai, a frenagem total do HB20 acontece até 60 km/h e parcialmente em velocidades superiores.

Já o aviso de saída de faixa funciona de maneira mais passiva, não interferindo na condução. Com o carro acima dos 60km/h, um alerta sonoro é emitido sempre que você ameaçar invadir a faixa lateral sem indicar a seta. Mesmo sendo interessante, talvez fosse mais útil investir em um alerta de tráfego cruzado, já presente no Chevrolet Onix, por exemplo.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

No campo da conectividade, a Hyundai trouxe uma excelente central multimídia de oito polegadas que, há algumas semanas, ganhou o sistema Bluelink, que oferece uma série de serviços remotos de segurança e interação com o veículo, como partida, climatização, destravamento e até monitoramento. A versão avaliada pelo Canaltech, entretanto, não contava com o Bluelink.

Em contrapartida, há o espelhamento de smartphones com o Android Auto e o Apple CarPlay.

Os itens de segurança do HB20X são complementados pelos controles de estabilidade e tração, airbags laterais e frontais, assistente de partida em rampa, alarme antifurto volumétrico, monitoramento de pressão dos pneus, sensores de estacionamento traseiros, sistema ISOFIX para conexão de cadeirinhas infantis, piloto automático com limitador de velocidade e travamento central das portas.

Conforto e experiência de Uso

O HB20 sempre foi um carro gostoso de guiar e isso ficou ainda mais evidenciado na nova geração. No caso do HB20X, mesmo sem o motor turbo, a situação continua ótima. A versão aventureira do compacto é equipada com o conhecido 1.6 aspirado de 130cv de potência (no etanol) e 16,5 kgf/m de torque, acoplado ao câmbio automático de seis velocidades, suficiente para andarmos pela cidade sem maiores problemas e irritações. Na estrada ele também se sai muito bem, exceto pelo consumo, que poderia ser um pouco melhor. Em nossas medições, chegamos aos seguintes números (sempre com etanol):

  • Cidade - 7,5 km/l
  • Estrada - 9 km/l

Ao rodar com o HB20X, além da agilidade, somos surpreendidos com um excelente acerto de suspensão e ótimo vão livre do solo, que dão ao compacto um jeitão de SUV, tal qual acontece com seus concorrentes. A direção elétrica é bem calibrada e passa muita segurança em altas velocidades, com comandos muito diretos. O único ponto negativo fica por conta do campo de visão, um pouco atrapalhado pela coluna A.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Já no campo do conforto, o HB20 deixa um pouco a desejar. Pessoas com uma altura mais elevada terão dificuldades em viajar na segunda fileira de bancos. Isso pode ser mitigado com a ótima qualidade dos bancos e a facilidade do motorista em achar uma posição favorável para dirigir, permitindo que o pessoal de trás ganhe um pouco mais de espaço. O porta-malas do HB20X é de 300 litros, bem dentro do esperado nesta categoria.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O pacote de conforto do HB20 é bem recheado. Ele possui ar-condicionado digital de uma zona, entradas USB, sensor crepuscular, sensor de chuva, câmera de ré com gráficos dinâmicos, retrovisores rebatíveis eletronicamente, sistema start-stop, chave presencial e controles do multimídia no volante.

Design e acabamento

Uma das maiores polêmicas com relação à nova geração do HB20 foi o design. Duramente criticado por fãs e clientes, a Hyundai sabe que foi ousada demais com seu principal produto. Mas a alta qualidade do carro mitigou um pouco essa questão, não refletindo nas vendas.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Para o HB20X, a coisa muda um pouco de figura. Os apliques em preto, maior vão livre do solo e rodas diferenciadas ajudaram o carrinho a ter essa situação um pouco mais agradável aos olhos. Ainda há, claro, os haters na internet que criticam o modelo. Mas, se compararmos com o HB20 Diamond Plus avaliado anteriormente, há uma melhora notável.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Já no interior, o acabamento segue bom para o padrão do segmento, com detalhes em vermelho, bancos em couro e materiais bem arrematados no painel. O conjunto óptico é alógeno, com foco duplo e luz diurna em LED.

Concorrentes

Os concorrentes diretos do HB20X são o Renault Stepway e o Fiat Argo Trekking. Mas modelos como o Honda W-RV e Caoa Chery Tiggo 2 também podem atrair o mesmo tipo de cliente.

Veredicto

O HB20X é uma ótima opção para quem quer pagar um pouco menos no compacto sul-coreano, mas sem abdicar das tecnologias presentes no topo de gama com motorização turbo. Bem equipado, seguro e gostoso de guiar, o aventureiro da Hyundai segue conquistando clientes por ser muito eficiente e estiloso.

O HB20X Diamond Plus pode ser adquirido por R$ 91.718, mas existem versões a partir de R$ 74.439.

No Canaltech, o HB20X foi avaliado graças a uma unidade gentilmente cedida pela Hyundai Brasil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.