Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Honda Civic híbrido será importado da Tailândia para o Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 27 de Junho de 2022 às 15h30

Link copiado!

Divulgação/Honda
Divulgação/Honda

O Honda Civic híbrido, apresentado oficialmente na Tailândia, e que tem como principal destaque a autonomia absurda, que pode chegar aos 55 km/l em uso urbano, não virá mais para o Brasil importado dos Estados Unidos. As últimas notícias dão conta de que o modelo, batizado de Civic e:HEV, chegará por aqui vindo da própria Tailândia.

Um executivo da montadora japonesa teria confirmado às fontes locais que a intenção é começar a vender o Civic híbrido no mercado verde-amarelo no último trimestre de 2022. Isso significa que entre outubro e dezembro poderemos ter o imponente sedan, em sua nova geração, desfilando pelas ruas do País.

As especificações técnicas dos modelos do Civic híbrido que rodarão por aqui não foram confirmadas. Na Tailândia, por outro lado, elas já foram definidas, e estão à venda: e:HEV EL+ e o e:HEV RS. Esta segunda, aliás, é a mais comentada como a escolhida para abastecer o mercado brasileiro e rivalizar com outros sedans clássicos, como o Toyota Corolla.

Continua após a publicidade

Como andará o Honda Civic e:HEV?

De acordo com o site local da Honda, o Civic e:HEV tem um motor 2.0 aspirado, além de outros dois, ambos elétricos. Eles dão ao carro uma potência combinada de 184 cavalos e torque de 32,1 kgfm, suficientes para fazer o sedan de 4,67 m de comprimento ter o que a marca definiu como “um desempenho de esportivo premium”:

“O sistema de acionamento totalmente híbrido e:HEV combina um motor de injeção direta de 2.0 litros com dois motores elétricos, uma transmissão automática E-CVT e uma bateria de íons de lítio. alta eficiência Oferece desempenho de condução poderoso e excelente eficiência de combustível. É o poder da condução que está além de qualquer um”.

A montadora japonesa ainda não falou nada a respeito da capacidade da bateria do Civic híbrido, mas sabe-se que o motor aspirado a combustão dará suporte aos elétricos para que a autonomia seja, com o perdão da hipérbole, “absurda”. E o adjetivo não será nada exagerado se o sedan cumprir o que a marca japonesa promete.

Segundo a Honda, o Civic híbrido terá um consumo médio de 25 km/litro, considerando-se um percurso que misture trechos urbanos e rodoviários. Em um recorte exclusivo para estrada, ele cai para 18,8 km/l; já no ciclo exclusivamente urbano, a projeção da montadora é que ele chegue a até 55,5 km/l.

Tecnologia e segurança

Continua após a publicidade

Em relação ao pacote de acessórios, também há muito o que se esperar dos novos Honda Civic híbridos. A versão mais completa, aliás, deverá vir com o já aclamado Honda Sensing.

Ele conta com controles de tração e estabilidade, 6 airbags, LKAS (Assistente de permanência em faixa), ACC com LSF (Controle de cruzeiro adaptativo com acompanhamento em baixa velocidade), CMBS (Alerta de colisão frontal com frenagem automática) e muito mais.

O sistema de infotenimento e conforto terá central multimídia de 9 polegadas com Apple CarPlay sem fio, carregador sem fio para celulares, painel de instrumentos digital de 10,2 polegadas, ar-condicionado automático e digital de duas zonas, ajuste elétrico para o banco do motorista e uma outra série de recursos bastante interessantes.