Publicidade

Enchentes no RS | GM retoma produção gradual em Gravataí

Por| Editado por Jones Oliveira | 22 de Maio de 2024 às 17h15

Link copiado!

Divulgação/General Motors
Divulgação/General Motors

As enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul deixaram marcas permanentes em diversos municípios do estado, com reflexos até na indústria automotiva. Com a água baixando, porém, aos poucos a vida das montadoras, como a GM, vai retornando à normalidade. A montadora confirmou que está operando em turno único desde a última segunda-feira (20) em Gravataí, município gaúcho. A planta, que estava com as linhas paradas por causa das chuvas, é responsável pela produção de dois dos modelos mais vendidos da Chevrolet no Brasil, o Onix e o Onix Plus.

Conforme revelado durante o lançamento da linha 2025 da S10 em Pirenópolis, no interior de Goiás, a GM confirmou que seguirá priorizando a segurança dos colaboradores e, apesar do retorno gradual, continuará monitorando as condições de trabalho e adequando a produção conforme os fornecedores se reestabelecem.

’A GM está atuando em várias frentes, prestando assistência aos nossos empregados, suas famílias e a comunidade, usando todos os canais da GM para impulsionar as doações. Estamos empenhados em estimular uma rede de apoio crescente e com cada vez mais impacto’’, disse Fabio Rua, vice-presidente GM América do Sul.
Continua após a publicidade

Instituto GM arrecadou R$ 1,2 milhão

Uma das ações que a GM está realizando para ajudar as vítimas das enchentes no RS é a arrecadação de fundos por meio do IGM, Instituto General Motors. Segundo a montadora, já foram doados mais de R$ 1,2 milhão, e o dinheiro será repassado à população que sofreu perdas por conta das chuvas.

A montadora também anunciou que está disponibilizando veículos 4x4 para ONGs e órgãos governamentais com o intuito de ajudar nas missões de resgate da população em áreas de difícil acesso. 

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia


Além disso, a GM liberou, gratuitamente, os serviços do OnStar e de SOS para os carros da marca equipados com tal tecnologia, já que a dificuldade de comunicação é uma das maiores na região.

“Na atual situação do Estado do Rio Grande do Sul, a comunicação é essencial para auxiliar buscas, resgates e dar suporte à comunidade mais afetada. Com o wi-fi, o carro se torna um grande roteador e o sinal pode ser compartilhado por pessoas que estejam ao redor”, explicou Jaime Gil, diretor de Serviços Conectados da GM América do Sul.