Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Cola que promete consertar para-brisa quebrado funciona?

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Maio de 2023 às 10h30

Link copiado!

Photovs/Envato/CC
Photovs/Envato/CC

Um produto “milagroso”, vendido em alguns sites de e-commerce, promete reduzir em até 10 vezes o prejuízo de quem está desesperado para descobrir como consertar o para-brisa quebrado do carro gastando pouco.

Anunciada em e-commerces bastante conhecidos por seus gadgets, como Shopee e AliExpress, a “EELHOE - cola adesiva para reparo de vidro rachado” consegue, em teoria, consertar vidros de carros que tenham sido atingidos por objetos e, assim, evitar a troca por outra peça completa.

A “cola milagrosa” tem feito bastante sucesso, como mostram os indicadores de produtos vendidos. Afinal de contas, um trinco no para-brisa do carro, por menor que seja, gera preocupações ao motorista, já que um novo impacto pode causar a quebra por completo da peça e até mesmo machucar os ocupantes do veículo.

Continua após a publicidade

Segundo o anúncio, o conserto do para-brisa do carro é feito por meio de nanotecnologia, ciência que tem como um de seus princípios básicos a construção de estruturas e novos materiais a partir dos átomos. Mas será que essa tecnologia está mesmo presente na “cola milagrosa”?

“Cola milagrosa” x troca do para-brisa

Antes de mostrar o produto em ação, por meio de um vídeo do influencer Eu Sou Barone, que tem quase 2 milhões de inscritos apenas em seu canal do YouTube, vamos ilustrar, com simples números, o porquê a cola milagrosa tem se tornado uma verdadeira febre no e-commerce.

A cola que promete consertar para-brisa quebrado custa, na Shopee, R$ 94,90, sem o frete, enquanto no AliExpress o valor é ainda mais atraente, com anúncios do produto a partir de R$ 84,82 e frete grátis para o Brasil.

Já em sites especializados em troca de para-brisa automotivo, o valor médio do serviço é bem mais elevado. Para efeitos de comparação, fizemos uma simulação com o carro mais vendido do Brasil em abril de 2023 — o Chevrolet Onix.

Na Autoglass, os preços para trocar o para-brisa de um Chevrolet Onix fabricado entre 2020 e 2023 varia de R$ 810,49 a R$ 867,02, dependendo do modelo e da fabricante da peça.

Continua após a publicidade

A “cola milagrosa” funciona mesmo?

Agora que já falamos um pouco sobre como, em teoria, funciona a “cola milagrosa” e mostramos a diferença de preço entre o produto vendido em e-commerce e um para-brisa completo, faltou responder à “pergunta do milhão”: ela funciona mesmo?

O teste realizado pelo influencer Eu Sou Barone é um pouco exagerado, já que ele quebra o para-brisa com uma picareta digna do Corpo de Bombeiros e estilhaça o vidro quase que por completo.

Esse fato, por si só, inviabilizaria o uso do produto, pois, segundo o Contran, apenas trincas de até 2,5 cm de diâmetro (do tamanho de uma moeda de R$ 1) podem ser reparados.

Continua após a publicidade

Após a aplicação do produto, que vem acompanhado de um plástico transparente e uma lâmina para selagem, o que dá para perceber é que o visual melhora um pouco, mas o vidro não fica nem perto de estar “magicamente consertado”.

Em entrevista ao Uol, Vander Miranda, instrutor de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro de Educação Corporativa da Autoglass, foi taxativo ao afirmar que “não existe milagre para reparo de vidro” e que, para um estrago como o feito pelo youtuber, seria necessário submeter o vidro a altas temperaturas e reconstruí-lo.

Vale lembrar que essa não foi a primeira experiência do youtuber com um "produto milagroso" para recuperar o para-brisa de um carro. Em 2022 ele testou uma outra "cola reparadora", mas, assim como no caso acima, o teste não surtiu o resultado esperado. Segundo ele, "o vidro ficou lisinho, mas a rachadura permaneceu".

Continua após a publicidade

Fonte: Uol