Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

5 motivos para comprar o Citroën C3 1.0

Por| Editado por Jones Oliveira | 13 de Agosto de 2023 às 09h30

Link copiado!

Felipe Ribeiro/Canaltech
Felipe Ribeiro/Canaltech

Lançado em 2022, o novo Citroën C3 é o que podemos chamar de "carro de combate". De construção simples e com méritos inegáveis para quem busca um modelo bom para o uso urbano, o hatch compacto com carinha de SUV tem ido bem nas vendas e isso pode ser justificado por seus pontos positivos

O Canaltech recebeu a versão Feel 1.0 e vai contar quais são os cinco principais motivos para você ter um Citroën C3 na sua garagem.

Qual é o público alvo do Citroën C3 1.0?

Continua após a publicidade

O Citroën C3 é bem posicionado dentro da gama da Stellantis no Brasil. Trata-se de um hatch compacto parrudinho, com bom pacote de equipamentos, espaço interno excelente e que preza pelo conforto e ótimo consumo de combustível. A ideia aqui é buscar pessoas que querem uma alternativa aos minúsculos Fiat Mobi e Renault Kwid.

5 motivos para comprar o Citroën C3 1.0

Veja abaixo a lista com 5 bons motivos para você levar um Citroën C3 1.0 para a sua casa.

Continua após a publicidade

5. Design e Size Impression

O Citroën C3 é um carro compacto, mas o design adotado para a nova geração do hatch passa outra impressão. Com linhas semelhantes às do C4 Cactus, o modelo tem a intenção de agradar a clientela com uma percepção de espaço maior e robustez.

Além de o carro ser bonito, obviamente, ele precisa trazer o consumidor para si e o C3 faz isso muito bem.

Continua após a publicidade

4. Central Multimídia

Um dos pontos altos do Citroën C3 Feel 1.0 está na central multimídia. Com tela de mais de 10 polegadas, o aparelho tem ótima resolução, interface extremamente fácil e rápida e, claro, espelha Android Auto e Apple CarPlay sem fio, recurso que carros até mais caros não possuem.

3. Consumo

Continua após a publicidade

Durante os testes com o Citroën C3 Feel 1.0, sabíamos que o consumo seria bom, mas ficamos ainda mais contentes quando finalizamos a avaliação. Na média cidade/estrada, com gasolina, o hatch anotou 12,4 km/l, mas tivemos picos maiores.

Somente na cidade, anotamos 14 km/l, enquanto no circuito rodoviário a média foi de 16 km/l. Caso tivesse um câmbio com mais uma marcha, os números poderiam ser até maiores.

Vale lembrar que o C3 está equipado com o motor 1.0 Firefly de três cilindros (o mesmo do Argo) que rende 75cv (71cv na gasolina) e 10,7 kgf/m de torque (10 kgf/m na gasolina).

Continua após a publicidade

2. Desempenho

Como citamos, o propulsor que vem nessa geração do Citroën C3 em suas versões 1.0 é o bom Firefly com três cilindros, que rende 75cv (71cv na gasolina) e 10,7 kgf/m de torque (10 kgf/m na gasolina). Para o que a proposta do veículo exige, ele dá e sobra, principalmente na cidade.

Isso acontece porque a relação do câmbio de cinco marchas com o propulsor proporcionam um uso bem ágil no dia a dia. A relação de marchas é bem feita, os engates precisos e isso permite que as acelerações sejam bem feita sno ambiente urbano. O torque do motor Firefly, aliás, vem com pouco mais de 3 mil rotações por minuto, algo que também ajuda nesse comportamento.

Continua após a publicidade

1. Espaço interno

O grande trunfo do Citroën C3 perante a concorrência está no seu interior. O espaço interno do hatch é um dos melhores do mercado e a sensação de estarmos em um carro maior do que ele realmente é mostra que a montadora francesa soube como aproveitar bem o espaço e fazer bom uso da plataforma CMP.

O porte do hatch também ajuda. São 3,98m de comprimento, 1,73m de largura, 1,58m de altura e entre-eixos de 2,54m, um dos maiores do segmento. Pessoas de mais de 1,80m vão sem problemas na fileira de trás. Além disso, o formato da carroceria proporciona um bom espaço para a cabeça, não importa onde você esteja.