Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BYD terá carros eletrificados com até 2 mil km de autonomia

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Março de 2024 às 13h15

Link copiado!

Divulgação/BYD
Divulgação/BYD

A BYD já começou a incomodar as principais fabricantes de carros a combustão dentro e fora do Brasil e, em breve, dará ainda mais dores de cabeça a quem não vê a eletrificação da frota como uma alternativa irreversível.

A montadora chinesa está trabalhando na atualização das plataformas de carros eletrificados — elétricos e híbridos — para ampliar ainda mais a já generosa autonomia de seus veículos.

A ideia da montadora em relação ao sistema híbrido DM-i, encontrado em carros como o Song Plus, já testado pelo Canaltech, é fazer com que o SUV e os demais modelos que o utilizem tenham até 2 mil km de alcance por carga.

Continua após a publicidade

Segundo a mídia local, os carros construídos sob a plataforma DM-i atualizada passariam a consumir apenas 2,9 litros de combustível a cada 100 km rodados. Isso equivale a uma média de 34,4 km/l e dará ao modelo, com carga completa e tanque cheio, a capacidade de rodar até 2 mil quilômetros.

E os elétricos, BYD?

Os carros puramente elétricos (BEVs) também terão a capacidade de alcance aumentada. A e-Platform 3.0, utilizada atualmente, e que serve de base para o Dolphin e o Dolphin Mini, receberá um upgrade.

Continua após a publicidade

A versão 4.0 da e-Platform terá como principal missão melhorar a chamada “integração 8 em 1”, reduzindo espaço entre componentes como transmissão, motor e inversor. Dessa forma, os carros ficarão mais leves e, consequentemente, consumirão menos energia, aumentando a autonomia por carga.

As atualizações que serão aplicadas pela BYD em suas plataformas também reduzirão o número de peças utilizadas nos carros elétricos, e isso implicará diretamente em um custo ainda menor no valor final do carro para o consumidor.