Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Truque do Windows Phone permite assistir YouTube sem anúncios

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 23 de Outubro de 2023 às 12h28

Link copiado!

Montagem: Caio Carvalho/Canaltech
Montagem: Caio Carvalho/Canaltech
Tudo sobre YouTube

O YouTube fechou o cerco com o uso de bloqueadores de anúncios na plataforma: além de exibir um aviso para desativá-lo, o site ainda trava a reprodução após abrir três vídeos diferentes com o plugin ativo. No entanto, uma alternativa dribla a restrição graças ao falecido Windows Phone.

Não é necessário ter um aparelho com o sistema operacional aposentado da Microsoft para isso. Segundo o youtuber Enderman, é possível usar uma extensão que troca o agente do usuário e escolher o Windows Phone como opção — assim, o navegador roda a página como se você tentasse acessar pelo celular e não mostra o aviso contra bloqueadores.

Continua após a publicidade

O switcher de agentes permite carregar uma página da web conforme a interface de diferentes dispositivos ou sistemas operacionais. Curiosamente, uma das opções usadas para burlar o YouTube é o User-Agent Switcher for Chrome, desenvolvido pelo próprio Google.

Em vídeo publicado por Enderman, o truque ainda carrega o visual antigo do YouTube no Windows Phone, o que pode ser um atrativo para as pessoas mais nostálgicas. O perfil revela que os simuladores de agentes não violariam os termos e condições da plataforma de vídeos, mas é provável que a empresa lance uma correção em breve.

Vale lembrar que a tentativa de usar a extensão é feita por conta e risco de cada usuário.

YouTube e a briga contra bloqueadores de anúncios

O YouTube adotou medidas para impedir o uso de bloqueadores de anúncios durante a reprodução, principalmente na versão para navegadores. A plataforma exibe um aviso na tela para informar que essas ferramentas violam os termos e condições da plataforma e, em alguns casos, impedem o acesso ao conteúdo após usar um adblocker por três vídeos seguidos.

Dessa forma, a única opção oficial para ver os vídeos sem propagandas é a partir da assinatura do YouTube Premium, oferecido a R$ 24,90 por mês no Brasil.