Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

YouTube negocia para usar voz de artistas famosos em modelos de IA

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 19 de Outubro de 2023 às 09h51

Link copiado!

natanaelginting/Freepik
natanaelginting/Freepik
Tudo sobre YouTube

O YouTube desenvolve uma ferramenta que permite criar músicas com IA a partir da voz de artistas famosos. De acordo com a Billboard, a plataforma de vídeos negocia com gravadoras para obter os direitos autorais e avançar com o treinamento do modelo.

A reportagem informa que a empresa tinha a expectativa de anunciar a função durante o evento Made On YouTube, que já contou com uma série de novos recursos com inteligência artificial. No entanto, o acordo ainda não foi fechado com os nomes da indústria musical — Sony Music Entertainment, Universal Music Group e Warner Music Group seriam algumas das gigantes fonográficas envolvidas nas tratativas.

Continua após a publicidade

A plataforma de vídeos deve lançar um Beta com um grupo selecionado de artistas que cederiam a voz, disponível apenas para uma parcela limitada de criadores de conteúdo.

Impasses na negociação

A criação da ferramenta ainda passa por diversos obstáculos com relação ao formato e ao modelo de negócios. O primeiro deles é convencer os artistas: a Billboard afirma que alguns nomes ainda não têm tanta certeza sobre a ideia de ceder as vozes para pessoas desconhecidas, pois isso poderia ser usado para músicas ou frases sobre algo que não concordam.

Outros desafios envolvem o treinamento do modelo de IA generativa, a liberdade dos artistas para saírem do projeto e (principalmente) a monetização. Ainda não foi possível definir se os músicos vão receber a cada utilização da voz ou se haverá um pagamento prévio.

Continua após a publicidade

Isso também tem implicações na forma de publicar e creditar os profissionais nas músicas geradas, porque haveria uma leva gigantesca de compositores. Porém, de forma geral, ambos os lados da negociação estariam otimistas com o desfecho — nomes da indústria musical acreditariam que a tecnologia é inevitável e ficariam para trás caso não fechassem um negócio o quanto antes.

Já existem vários modelos de IA para criar músicas, mas a maioria não permite o uso da voz de pessoas famosas. Quando isso acontece, a publicação no YouTube e em outras plataformas pode resultar na violação de direitos autorais.

Fonte: Billboard