Principal rival do WhatsApp, Telegram alcança marca histórica no Android

Principal rival do WhatsApp, Telegram alcança marca histórica no Android

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 15 de Outubro de 2021 às 16h11
improvekz123/Pixabay

O Telegram segue firme na disputa contra o WhatsApp e, nesta semana, alcançou seu primeiro bilhão de downloads na Play Store. O mensageiro alternativo, que já figura em mais da metade dos celulares brasileiros, é recheado de funcionalidades que o rival do Facebook vive “copiando”, e frequentemente recebe ferramentas inéditas no segmento.

Pode-se atribuir ao crescimento do Telegram — pelo menos, o impulso final — à queda que o WhatsApp e outras plataformas do Facebook vivenciaram na semana passada: o próprio CEO do mensageiro, Pavel Durov, admitiu que recordes de novos cadastrados foram batidos naquela fatídica segunda-feira (5).

O Telegram bateu 1 bilhão de downloads, mas ainda precisa multiplicar esse número cinco vezes para alcançar o WhatsApp (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Apesar de não ser o mais popular no Brasil, o Telegram é o favorito de muitos. O app é recheado de funcionalidades que o WhatsApp levou anos para implementar — e algumas que o concorrente ainda nem passa perto de ter. Figurinhas, suporte a GIFs, suporte a múltiplos dispositivos em uma mesma conta, mensagens temporárias com prazos variados e áudios acelerados, por exemplo, foram algumas das funcionalidades que apareceram na plataforma alternativa primeiro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Não é o 1° bilhão do Telegram

Vale mencionar que esta não é a primeira entrada do mensageiro ao “clube do bilhão”. Em agosto, estimativas do site Sensor Tower apontaram que o app superou o marco bilionário em instalações totais (incluindo números do iOS).

No Brasil, segundo as pesquisas do Panorama Mobile Time/Opinion Box, o Telegram figurava em 53% dos celulares em setembro. Considerando que o recorde de adesão ao serviço aconteceu um mês depois, é provável que esse número tenha aumentado significativamente.

Apesar do crescimento, ainda tem muito chão entre o WhatsApp e o seu principal adversário da atualidade. O mensageiro do Facebook está em praticamente todos os celulares brasileiros, e só na Play Store ele acumula mais de 5 bilhões de downloads.

Fonte: Play Store

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.