Publicidade

Telegram está em 53% dos celulares brasileiros, mas WhatsApp ainda lidera

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 02 de Setembro de 2021 às 17h24

Link copiado!

Igor Almenara/Canaltech
Igor Almenara/Canaltech
Tudo sobre Telegram

O Telegram continua ampliando sua presença no Brasil. Na mais recente pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, o app estava presente em 53% dos celulares do país. Há seis meses, o mensageiro estava em menos da metade, enquanto no mesmo período do ano passado acumulava somente 35%.

Foram 18 pontos percentuais acrescentados nos últimos 12 meses. O relatório revela que a maior parte do crescimento é puxada por homens — 58% deles têm o app baixado —, enquanto cerca de metade das mulheres utilizam o mensageiro alternativo.

Continua após a publicidade

Quanto mais jovem, maior a chance de ser um usuário do Telegram. Entre brasileiros de 16 a 29 anos de idade, 58% utilizam o principal rival do WhatsApp. O número diminui nas faixas etárias seguintes: 30-49 anos representa 53% e somente 42% dos cidadãos com 50 anos ou mais.

A pesquisa aconteceu entre os dias 14 e 23 de julho e entrevistou mais de 2 mil brasileiros donos de smartphone. A margem de erro, segundo o Mobile Time, é de 2,2 pontos percentuais e o grau de confiança é de 95%.

Como está o WhatsApp?

Inabalável, essa é a resposta ideal. A popularidade do mensageiro do Facebook se mantém mesmo com o crescimento de seus rivais, revelando que ele não está sendo substituído, mas as pessoas estão optando por ter dois (ou mais) apps de chat no celular.

Continua após a publicidade

Desde agosto de 2020, o WhatsApp se mantém com 99% de popularidade — praticamente todo celular brasileiro, se considerada a margem de erro. Usuários que utilizam o mensageiro todo dia representam 86%, enquanto o Telegram tem apenas 25% de sua base acessando o app diariamente. Em chance de ser desinstalado, o WhatsApp também se destaca. Somente 1% considera excluir o mensageiro, enquanto essa mesma categoria representa 19% dos usuários do seu rival principal.

Como você está nessa pesquisa? Seu celular tem mais de um mensageiro baixado ao mesmo tempo? Comente logo abaixo.

Fonte: Mobile Time