Microsoft Edge 93 vai deixar você liberar reprodução automática em alguns sites

Microsoft Edge 93 vai deixar você liberar reprodução automática em alguns sites

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 29 de Julho de 2021 às 11h20
Rubens Eishima/Canaltech

Uma das investidas mais ousadas da Microsoft é elevar o nível de personalização para o usuário do Edge. A companhia, no entanto, tem se mostrado capaz de fazer isso com a adição de recursos bastante úteis, como vetar a reprodução automática de mídia. Contudo, agora, o programa deve ampliar os controles sobre este recurso e deixar o usuário escolher quando um site deve ou não reproduzir mídia automaticamente.

A versão 93 do Microsoft Edge contará com uma listagem de permissões como um dos principais trunfos. O novo navegador permitirá a criação de uma lista restritiva de páginas onde essa função é autorizada — assim, as demais seguem com a reprodução automática desativada por padrão.

Somente os sites adicionados poderão reproduzir mídia automaticamente (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Também será inclusa na futura atualização a capacidade de não ignorar alertas de ameaças para sites — hoje você pode simplesmente deixar o aviso de lado e continuar a navegar nas páginas. Somado ao recurso de análise da força e da integridade de senhas, essa adição pode reduzir bastante a prática de phishing e outros abusos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A atualização também habilitará a nova experiência de compartilhamento no Microsoft Edge. Ela agora está mais próxima do modelo presente nos celulares, com ícones para acesso rápido como Facebook, WhatsApp, Twitter e Outlook.

Você poderá compartilhar sites de forma bem mais rápida (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Tais configurações estão atualmente disponíveis no canal Microsoft Edge Dev, no qual os usuários Insiders podem experimentar as recentes alterações antes de serem lançadas ao grande público. Ela ainda não é a versão definitiva e pode sofrer modificações até o desembarque final.

Em busca da melhor performance

Desde o ano passado, a Microsoft entrega sucessivas melhorias para o navegador, com intuito de torná-lo mais completo. Entre as principais novidades estão um gerador de senhas seguras (com monitoramento), uma ferramenta de comparação de preços em lojas e barra de guias na vertical.

Houve também melhorias na otimização de recursos como memória e velocidade de carregamento das páginas. Um exemplo foram as sleeping tabs, que permanecem abertas, mas reduzem o consumo de RAM e processamento da máquina.

Você já migrou para o Edge ou ainda utiliza outro navegador? Conte o que o faz permanecer com ele em vez de mudar para outro nos comentários.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.