Instagram Reels começa a exibir vídeos com propagandas

Instagram Reels começa a exibir vídeos com propagandas

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 17 de Junho de 2021 às 14h55

Se você ficava feliz por navegar pelos vídeos do Reels sem ver propagandas, pode começar a repensar isso. A partir de hoje, o Instagram começou a exibir anúncios e publicações patrocinadas no espaço dedicado aos vídeos curtos. O feed, inspirado no formato do TikTok, agora exibe as propagandas de modo bastante sutil, em meio a outros conteúdos, como qualquer outro Reel: em tela cheia, com até 30 segundos de duração e em loop eterno se você não rolar para baixo.

A diferença do vídeo patrocinado para os outros é a pequena identificação abaixo do nome da conta do anunciante. Por enquanto, o anúncio pode ser simplesmente ignorado ao continuar passando o dedo na tela — diferentemente do acontece com o TikTok, em que se é obrigado a assistir a propaganda assim que começa a navegação.

Propagamdas no Reels já são uma realidade (Imagem: Reprodução/The Verge)

O Instagram já tinha começado a testar esse tipo de anúncios na Austrália, Alemanha, Brasil e Índia em abril. Agora, os demais países do mundo também devem receber as propagandas. Por aqui, é bem provável que os usuários brasileiros comecem a enxergar esse tipo de publicidade de modo mais efetivo, já que a expectativa é de o número de anunciantes crescer.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Formas alternativas de receita

Essa novidade não surpreende, pois o Facebook, proprietário do Insta, busca novas formas de receita desde o início do ano, quando a Apple anunciou uma funcionalidade que exigirá autorização formal dos usuários do iOS para rastreamento com cookies de terceiros. O temor era que a renda com publicidade caísse, o que de fato ocorreu, já que muita gente negou a autorização de monitoramendo e isso reduz a efetivida de campanhas voltadas para donos de iPhone e iPad.

Por outro lado, a rede já trabalha em um modelo de monetização de conteúdo para criadores, de modo simular ao que já ocorre no Kwai e no TikTok. As pessoas terão metas diárias e semanais para cumprir e assim conquistar algum dinheiro extra, além do gerado com as visualizações do seus vídeos.

Facebook e Instagram terão metas para garantir dinheiro extra aos criadores de conteúdo (Imagem: Divulgação/Facebook)

Ainda não foi anunciado como está a procura pelo novo formato, mas ela deve estar em alta. Hoje, o Reels possui um alcance bem maior do que os posts tradicionais no feed e as entregas de conteúdo nos stories, o que tem feito muito criador de conteúdo apostar nele. Com as propagandas, será necessário checar se isso vai se manter elevado ou se o engajamento cairá.

O TikTok tem tido muito sucesso com seus anúncios, os quais começam a retornar milhões de dólares diários para a companhia chinesa. De acordo com a Bloomberg, a companhia já pensa até em cobrar US$ 2 milhões por uma aquisição de um dia, dependendo do anunciante e dos objetivos. Resta saber se o Instagram conseguirá valer-se dos seus mais de 1 bilhão de perfis para lucrar em cima dos Reels como o concorrente.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.