Publicidade

Apple dobra número de aparelhos para rastreamento pelo Buscar

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Janeiro de 2024 às 15h54

Link copiado!

Apple/reprodução
Apple/reprodução
Tudo sobre Apple

A Apple confirmou nesta semana que o aplicativo Buscar (Find My) dobrou a capacidade de número de aparelhos que podem ser rastreados, passando de 16 para até 32 dispositivos. O novo limite foi liberado após a empresa analisar o feedback do público, que solicitava uma ampliação dos recursos do app.

O aumento na quantidade de aparelhos rastreados pelo Buscar contorna também o fato de que alguns dispositivos e acessórios contam como mais de um produto.

O novo limite do app já está habilitado nos sistemas iOS 16 e iPadOS 16, mas ainda não tem efeito no acesso ao recurso pelo site da Apple.

Continua após a publicidade

Mais aparelhos no Buscar

A ampliação no número de aparelhos que podem ser adicionados no Find My foi anunciada em uma atualização da página de suporte da ferramenta.

No site, a Apple informa que: “Você pode adicionar até 32 itens no Buscar. Além do AirTag e dos acessórios de rede Find My de terceiros na aba de Itens, os AirPods Max contam como um item, os AirPods e AirPods Pro (1ª geração) contam como dois itens e os AirPods Pro (2ª geração) contam como três itens”.

Continua após a publicidade

Segundo a companhia, os itens que contam no app Buscar incluem: AirTags, AirPods, carteiras MagSafe mais recentes, alguns modelos de fones de ouvido Beats e acessórios de terceiros com suporte à rede Find My.

Vale notar que alguns modelos de AirPods podem ser considerados itens múltiplos porque cada fone de ouvido e o estojo de carregamento são contados separadamente.

Ao adicionar os acessórios e dispositivos no aplicativo, as pessoas podem rastrear a localização de cada item em um mapa através do iPhone, iPad ou Mac.