Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

App Store fatura quase o dobro da Play Store no 1° semestre de 2021

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 30 de Agosto de 2021 às 15h31

Link copiado!

Dimitri Karastelev/Unsplash
Dimitri Karastelev/Unsplash

A Play Store e a App Store rendem muito dinheiro às suas donas — Google e Apple, respectivamente. Em um novo estudo levantado pela SensorTower, essa afirmação se mostrou verdadeira mais uma vez: na primeira metade de 2021, estima-se que usuários gastaram US$ 23,4 bilhões (aproximadamente R$ 122 bilhões) na loja do Android e US$ 41,5 bilhões (R$ 215 bilhões) na contraparte do iOS.

Só na plataforma da Apple, o crescimento foi de 22,05% quando comparados os valores deste ano com os do mesmo período do ano passado. O Android, apesar de ficar atrás na arrecadação, também segue crescendo e, na análise ano a ano, registra 30% de crescimento.

Continua após a publicidade

Segundo a Finbold, site especializado no mundo financeiro que adquiriu detalhes da pesquisa, os altíssimos números são efeito do prolongamento da pandemia de COVID-19 e, claro, da maior presença do smartphone no dia a dia das pessoas. Jogos mobile foram os maiores responsáveis pelos ganhos do semestre, posição garantida por ser maioria no catálogo de aplicativos tanto na Play Store quanto na App Store.

A expectativa da Finbold é que os ganhos continuem aumentando. Se somada a evolução de ambas as plataformas, os dados mostram crescimento de 24,8% na comparação ano a ano — no primeiro período de 2019, a App Store fez “apenas” US$ 26,3 bilhões, para efeito de comparação.

“Devido ao surgimento de novas tecnologias, como streaming em nuvem, os aplicativos em setores como jogos provavelmente terão um crescimento ainda maior. Essa capacidade é auxiliada por fatores como a crescente penetração da tecnologia 5G em mercados líderes, como os Estados Unidos”, aponta a Finbold.

O aplicativo mais rentável: TikTok

Conforme mostra a pesquisa, o app que mais lucrou no primeiro semestre foi o TikTok. Acima até mesmo do YouTube, que arrecadou US$ 564,7 milhões (R$ 2,9 bi), a rede social chinesa acumulou US$ 920 milhões (R$ 4,7 bi). Em terceiro lugar está o Tinder, com US$ 520,3 milhões (R$ 2,7 bi), mostrando que procurar um match é um hábito bem recorrente dos usuários — especialmente no iPhone.

Na Play Store, o quadro é bem diferente. O TikTok está em décimo lugar em receita no primeiro semestre do ano. O YouTube nem aparece na lista, mas o Google lidera o pódio com o Google One, um de seus serviços por assinatura.

A Finbold ressalta que os aplicativos de maior receita “são de uso gratuito e dependem principalmente da publicidade como um importante fluxo de receita”. O Tinder e o YouTube também aproveitam do lucro a partir de anúncios, mas oferecem alternativas pagas com vantagens exclusivas para assinantes.

Continua após a publicidade

O jogo que mais lucrou: Honor of Kings

Já para o segmento mais popular das lojas, a medalha de ouro ficou para o MOBA Honor of Kings, da Tencent, enquanto em segundo lugar está o PUBG Mobile e, em terceiro, Genshin Impact. Este mesmo cenário se reflete no iOS, indicando que gamers de iPhone têm tendência maior em gastar dinheiro com os jogos.

Novamente, o cenário é diferente no sistema de robozinho. O Coin Master foi o jogo com maior acúmulo de receita no primeiro semestre de 2021, seguido pelo shooter Garena Free Fire e, por fim, Lineage M. O popular Roblox marca uma forte presença nas lojas, estando no quarto lugar geral e na App Store, mas também na nona colocação da Play Store.

Continua após a publicidade

Fonte: Finbold, SensorTower