Publicidade

5 motivos para NÃO usar o Android

Por| 29 de Julho de 2023 às 12h00

Link copiado!

Domínio Público
Domínio Público

O Android é o sistema operacional mais usado no mundo. Mesmo quando se coloca o Windows na jogada, o Robozinho nada de braçada na dianteira do ranking — 40% contra 28%, segundo o Statcounter. Contudo, existem algumas razões para se considerar antes de adotá-lo e o Canaltech revela agora cinco motivos para você não usar o Android.

5 motivos para não usar o Android

Respire fundo, tenha calma e confira cinco motivos pelos quais você não deveria adotar o sistema operacional do Google.

Continua após a publicidade

5. Vida útil é curta

Mesmo que algumas empresas como a Samsung e a OnePlus venham melhorando isso ao ampliar o período garantido de novas versões em seus dispositivos, em geral o tempo de suporte de sistemas Android é curto. Isso significa que quem compra um celular vai receber apenas duas ou três versões novas de Android e, depois, na melhor das hipóteses, apenas atualizações de segurança.

Tudo bem que o sistema como existe hoje já é bem completo (por exemplo, widgets e gaveta de aplicativos chegaram ao iOS muitos anos depois de chegarem ao sistema do Google), mas os Android deixam de ganhar novos recursos “muito cedo” na comparação com o iPhone.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Para se ter uma ideia, todos os iPhones de 2018 até agora vão receber o iOS 17, versão de 2023 do sistema dos celulares da Apple. No ecossistema de tops de linha da Samsung, o mais antigo a receber a One UI 6 (com Android 14) deve ser o Galaxy S21, de 2021.

4. Vírus em excesso

Ter a opção de instalar apps de fora da Play Store é bom demais, mas inegavelmente abre brecha para malwares em geral. Além disso, não é difícil encontrar casos de apps na Play Store com vírus, inclusive vários apps populares, ou seja, esse é um baita ponto negativo que não existe nem nada próximo a isso quando se fala na App Store e no iOS.

3. Reconhecimento facial é falho

Continua após a publicidade

Ainda em termos de segurança: pode até não ser impossível burlar a proteção do Face ID do iPhone, mas esse tipo de recurso em celulares Android é muito mais falho e praticamente não pode ser tratado como algo confiável.

A existência da proteção biométrica que lê seu rosto para destravar (ou não) o celular Android cria uma falsa sensação de segurança, o que pode ser um problema para quem resolver depender apenas dela. Até hoje, a biometria segura mesmo nos sistemas do Google é a leitura de impressão digital.

Este não é um problema de software em si, vale dizer, mas como não é possível comprar um Galaxy S23 com outro sistema além do Android, ele acaba sofrendo com isso por tabela.

2. Demora para receber atualizações

Continua após a publicidade

Lançado em 2020, o Android 11 é atualmente a versão mais usada do sistema, e dados mais recentes apontam que apenas 19,3% dos aparelhos usam o Android 13 (lançado em 2022, mais recente no momento de publicação deste texto). Ou seja, mesmo que o Google traga diversas novidades para seu SO todos os anos, esses recursos demoram muito a chegar a 1/5 sequer dos usuários ao redor mundo — e nunca chegam a metade do público, vale apontar.

A título de comparação, o iOS 16 (que é de 2022, o mais recente disponível por enquanto) está presente em 90% dos iPhones, enquanto outros 8% usam o iOS 15 (de 2021). Além disso, quando for lançado, o iOS 17 será disponibilizado quase instantaneamente para todos os modelo lançados desde 2018 — essa é uma tradição do sistema da Maçã.

1. Preço de revenda é baixo

Continua após a publicidade

Tratando do aparelho físico em si, não do sistema operacional, é importante ressaltar que revender um iPhone costuma ser muito mais fácil e vantajoso do que fazer o mesmo com um Android.

Isso acontece em geral porque os produtos da Apple são mais longevos, com mais tempo de suporte, e também trazem um “charme” (que você pode chamar de “fetiche”) que incentiva as pessoas a pagarem mais por um usado.

Não desista (ainda)

Há razões para não usar um celular Android e esta lista poderia até ser ainda maior? Sim, é claro. Mas o sistema do Google é uma potência repleta de coisas boas também, então conheça cinco motivos para USAR o Android.