Prévia do Windows 11 ganha 1ª atualização com poucas novidades; veja o que mudou

Prévia do Windows 11 ganha 1ª atualização com poucas novidades; veja o que mudou

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Julho de 2021 às 17h50
Reprodução/Microsoft

A Microsoft lançou, nesta quinta-feira (8), a Build 22000.65 do Windows 11 no canal de desenvolvedores. Essa é a segunda versão beta pública do sistema e já começa a trazer algumas correções para falhas encontradas na preliminar. Se você espera uma grande revolução nesta atualização, pode se decepcionar.

A lista de novos recursos é bem pequena, com o maior destaque para a barra de tarefas com suporte a vários monitores. Ainda na barrinha, também foi introduzida um campo de pesquisa no Menu Iniciar para possibilitar a localização de apps de modo simplificado e adicionadas novas caixas de alerta do sistema. Por enquanto, não há nada sobre a possibilidade de mover a barra ou fazer outro ajuste que não seja a localização do botão Iniciar.

Caixa de pesquisa deve facilitar a localização de itens (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Os Snap Layouts estão programados para funcionar melhor, pois são mais otimizados para a tela que você está usando. Se você estiver em um notebook, por exemplo, ele mostrará opções mais condizentes com resoluções suportadas, em vez de oferecer algo específico de monitores maiores.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

No ícone de volume da barra de tarefas reside outra novidade desta atualização. Ao clicar com o botão direito do mouse, a opção para solucionar problemas de som volta a surgir, como ocorrida no Windows 10. Ainda falando do clique alternativo do mouse, ao fazê-lo sobre arquivos no formato PS1, o Windows oferecerá a opção de executar direto o PowerShell.

Em geral, essas são as melhorias mais visíveis. A Microsoft também promoveu inúmeros aprimoramentos no código para trazer mais estabilidade e reduzir conflitos no sistema. Como são mudanças por debaixo do capô, pouca gente deve notá-las de modo efetivo.

Ainda não foi dessa vez que o usuário foi contemplado com o suporte a aplicativos Android ou com a integração do Microsoft Teams. O jeito é aguardar e torcer para que essas otimizações não levem muito tempo para alegrar os fãs do Windows 11.

Se você quer saber tudo sobre o sistema operacional, fique ligado nas novidades que Canaltech traz sobre o novíssimo Windows 11.

Fonte: Windows Insider Blog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.