Novo Gerenciador de Tarefas do Windows 11 tem visual revelado em atualização

Novo Gerenciador de Tarefas do Windows 11 tem visual revelado em atualização

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Janeiro de 2022 às 11h35
Reprodução/Microsoft

Um novo Gerenciador de Tarefas está em construção para o Windows 11, revelou código oculto na mais recente atualização liberada para testadores, a Build 22538, nesta quarta-feira (19). Após quase uma década, a seção é retrabalhada com um novo visual (agora, adaptada para o novo sistema), mas aparentemente sem afetar as funcionalidades mais importantes.

A maior das novidades é a recauchutada para o Design Fluent, identidade visual do Windows 11. O Gerenciador de Tarefas retrabalhado é composto por uma interface mais limpa, com guias separadas em colunas à esquerda, ícones de componentes atualizados, botões maiores e acesso rápido às Configurações.

O novo Gerenciador de Tarefas abraça o Design Fluent ao máximo, com efeitos de transparência e o novo material Mica, junto com botões maiores, cantos arredondados e tema escuro (Imagem: Reprodução/Gustave Monce)

Em cores e materiais, o novo Gerenciador de Tarefas do Windows 11 tem características do material Mica (opaco) e Acrylic (semitransparente). Os cantos foram todos arredondados e finalmente há suporte para o tema escuro.

De acordo com o estudante de engenharia Gustave Monce, autor da descoberta, a ferramenta renovada ainda não funciona totalmente e ainda requer ajustes aqui e ali. As estatísticas gerais de consumo, por exemplo, não correspondem ao consumo real do computador e resquícios do visual antigo ainda aparecem ao acessar alguns menus.

Microsoft uniformiza o Windows

Quando o Canaltech avaliou o Windows 11 meses após o lançamento, uma das principais críticas ao sistema era a mistura de identidades contidas nele — em vários cantos existiam resquícios de Windows 7, 8, 10 e até Win XP. Em alguns casos, como o Painel de Controle, a transição mais lenta era justificada, mas essa mesma desculpa não serve para várias outras áreas desatualizadas.

O Gerenciador de Tarefas, de certa forma, é uma dessas seções. Porém, felizmente a Microsoft parece interessada em reparar esse aspecto desagradável do Windows, assim como também faz com o Bloco de Notas, o Paint, o Media Player e outros cantinhos antes negligenciados.

Ainda não há previsão para lançamento do Gerenciador de Tarefas atualizado, mas é fato que testadores terão acesso a ele primeiro. Se você estiver interessado em experimentar, se inscreva no programa Windows Insider para receber atualizações antecipadas (porém, possivelmente defeituosas) do Windows 11.

Fonte: Windows Central, The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.