Fonte padrão do Windows 10 será levemente alterada em atualização; confira

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Maio de 2021 às 15h35
Panos Sakalakis/Pexels

A próxima grande atualização do Windows 10 tem como uma de suas principais novidades um retrabalho visual completo — e nem mesmo ícones preservados desde o Windows 95 ficaram de fora. Agora, foi a vez da fonte do sistema operacional receber ajustes de design.

O pacote Sun Valley fará ajustes pontuais quase imperceptíveis na Segoe UI, a fonte do sistema e de vários aplicativos nativos do Windows 10. As alterações são focadas no refinamento do design da fonte e a ideia é melhorar a legibilidade da Segoe clássica em diferentes tamanhos, especialmente quando pequena.

Ajustes dinamizam a exibição da fonte em diferentes tamanhos (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Para isso, foi incluída uma tecnologia dinâmica para identificar e aprimorar a fonte em cada cenário, tornando-a mais fácil de ler quando estiver menor e estilizada quando for colocada em títulos. No geral, a experiência pouco muda, mas pode agradar aos olhos dos usuários mais atenciosos, além de tornar o Windows 10 mais bonito em monitores de alta resolução.

Para quem está inscrito no programa Windows Insider, a mudança acontece no pacote enumerado 21376 do Windows 10. Além do redesenho da fonte, uma série de bugs e erros foram corrigidos. Mais mudanças podem vir por aí — mas infelizmente não deve ser dessa vez que a Microsoft migrará para a Comic Sans.

Vem aí

A atualização Sun Valley é um grande exemplo de como a Microsoft vem tentando proporcionar uma experiência "sempre nova" dentro do Windows 10. Retrabalhar a interface dos programas mais utilizados pelos usuários, portanto, é a forma mais fácil para isso.

Por outro lado, a companhia tende a introduzir novidades de forma bem sutil para não gerar incômodo. Experiências passadas de retrabalhos completos geraram enorme dor de cabeça. Nem é preciso voltar muito, a curva de aprendizado desagradável do Windows 8 foi um grande exemplo disso. A Microsoft pode não ser tão ousada quanto usuários que criam suas próprias abordagens visuais no Windows 10, mas apostar na familiaridade é quase uma vitória garantida.

Fonte: Windows Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.