Existe um país onde o Windows XP ainda é o sistema mais usado

Existe um país onde o Windows XP ainda é o sistema mais usado

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Novembro de 2021 às 11h04
Reprodução/Microsoft (modificado)

Na última semana, o clássico Windows XP completou 20 anos desde seu lançamento, em 2001, contudo, apesar de ser um nome memorável para a história da Microsoft, o sistema operacional caiu em desuso: ele perdeu a maioria dos usuários para o Windows 7 e, depois, para o Windows 10, exceto em um único lugar no mundo.

Na Armênia, um pequeno país posicionado entre a Geórgia, a Turquia e o Irã, bem ali entre a Ásia e a Europa, cerca de 53,5% dos computadores do país ainda rodam o Windows XP, de acordo com dados do site StatCounter.

Os dados da Armênia não mentem: ou o Windows XP é o principal sistema operacional da região, ou a coleta de dados está com um erro bem grave (Imagem: Reprodução/StatCounter)

Em segundo lugar está o Windows 10, com apenas 32,8% de presença no país — mas já foi maior. Anteriormente, como mostra o gráfico, o sistema mais moderno estava páreo a páreo com o seu antecessor clássico, mas isso mudou entre março e maio deste ano, quando a popularidade do Win XP voltou a liderar.

Não se sabe exatamente o que causa essas oscilações no gráfico, tampouco o que faria do Windows XP não importante e presente nessa região. Por se tratar de um comportamento irregular, há a possibilidade de os números serem apenas um erro de contagem.

Os armênios podem só gostar muito do Windows XP, mesmo, mas isso coloca eles em risco na internet (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Fato é que o Windows XP não tem suporte oficial da Microsoft há anos, e isso pode colocar os cidadãos armênios em risco (se eles realmente estiverem utilizando o sistema no dia a dia). Além disso, não se pode descartar a chance de ser um erro de medição, mas se não for este o caso, a Microsoft ao menos deveria fazer uma campanha de marketing um pouco mais ativa por lá.

Fonte: WinFuture, StatCounter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.