Nova Microsoft Store começa a ser testada no Windows 10

Nova Microsoft Store começa a ser testada no Windows 10

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 27 de Outubro de 2021 às 10h32
Igor Almenara/Canaltech

Logo após o lançamento oficial do Windows 11, a Microsoft confirmou que a sua loja reformulada de aplicativos também desembarcaria no Windows 10. Esse anúncio deixou muita gente feliz da vida, afinal haveria a possibilidade de ter acesso à toda biblioteca de apps novos, ao sistema de atualização inteligente (similar aos celulares) e, quem sabe, aos programas do Android.

A Microsoft Store foi liberada para assinantes do Windows Insiders no canal Release Preview no Windows 10. Essa é a primeira oportunidade para os usuários da versão anterior experimentarem todas as vantagens da loja virtual: suporte a aplicativos Win32 não empacotados (você não precisa baixar pelo navegador e instalar manualmente como antes), capacidade de acessar conteúdo da Disney+ no desktop e a interface renovada do Windows 11 — não há suporte a apps de Android até o momento.

A loja da Microsoft chega agora para o Windows 10 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Como esse é um passo final antes da liberação definitiva, não deve levar muito tempo para a nova Microsoft Store desembarcar para todos os usuários do Windows 10. Essa liberação deve ser a prova de fogo para a companhia, afinal a loja passará a ser disponibilizada para cerca de 1,3 bilhão de dispositivos mundo a fora.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Windows 11 está no mercado desde o começo de outubro, mas as exigências de TPM 2.0 e Secure Boot, bem como uma série de bugs, afastaram a maioria dos usuários tradicionais do antecessor, que dificilmente vão atualizar as configurações do PC apenas para mudar de sistema.

Store no Win 10

Quem já viu a aparência da loja virtual no Windows 11 não se surpreenderá no Windows 10, porque ela terá o mesmo visual. A coluna localizada à esquerda reunirá as principais categorias, enquanto a área central deve destacar os apps em alta no momento, separados em aplicativos, jogos, filmes e séries.

A diversidade do catálogo, contudo, é a maior novidade. Se antes a loja era apenas um repositório de programas desconhecidos e aplicações da próxima Microsoft, hoje ela reúne softwares muito mais renomados e aplicações da web (PWA) para entregar serviços diversos, redes sociais, streaming e até games.

A Microsoft Store para Windows 10 pode ser uma solução interessante para incentivar os desenvolvedores a levar suas aplicações para a vitrine, porque abrirá um caminho bastante promissor para ser explorado. Quem é testador beta do programa Insider, deve acessar o canal Release Preview e verificar se há atualizações. Para os demais, o jeito é aguardar mais algumas semanas com ansiedade e expectativa.

Fonte: Microsoft  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.